Joaquin Phoenix vive constrangimento colossal ao vivo na TV ao assistir a cena dos bastidores de “Coringa”, em que xinga um cinegrafista: “Isso deveria ser privado“; vem ver!

Sabe aquela vergonha alheia? Temos por aqui! Joaquin Phoenix foi pego de surpresa em participação no “Jimmy Kimmel Live” desta terça-feira (01). O programa exibiu uma cena deletada das gravações de “Coringa”, na qual o ator aparece resmungando e xingando muito um membro da equipe. Confrontado com as imagens, Joaquin ficou visivelmente constrangido e se desculpou pelo que fez.

No vídeo, o astro aparece na pele de seu personagem, reclamando sobre um tal de Larry que está por trás das câmeras. Pelo visto, ele não gostou muito das interrupções nas cenas… “Não, é que tipo, os sussurros constantes, só cala a p*rra dessa boca, cara. Estou tentando encontrar algo real”, iniciou ele.

Joaquin Phoenix ficou muito constrangido ao ver a cena excluída de “Coringa”. (Foto: Reprodução/YouTube)

Pouco depois, em meio a uma chuva de palavrões, Phoenix pede desculpas e desdenha daquilo, ao dizer que “não é um grande problema”. No entanto, ele seguiu em frente com suas queixas, relatando também uma espécie de piada feita por Larry. “Eu sei que você começou com essa p*rra dessa coisa de Cher, Larry. Você acha que isso é engraçado, fazer piada de mim? Como se eu fosse uma diva”, adicionou.

Como se realmente estivesse incorporando sua personagem, ele persiste protestando sobre a questão, incomodado e bastante agitado. “Isso não é nem mesmo um insulto. Cher, realmente? Cantora, atriz, dançarina, ícone fashion. Como isso é um insulto, c*ralho?”, disparou, pouco antes de desistir e se levantar: “Não consigo fazer isso”.

No vídeo exibido por Jimmy Kimmel, Joaquin Phoenix aparece esbravejando sobre um tal Larry, no set de “Coringa”. (Foto: Reprodução/YouTube)

De volta aos estúdios, o apresentador quis saber o que tinha acontecido naquela cena e quem era Larry. No semblante do ator, o nervosismo e constrangimento ficaram evidentes, porque ele não imaginava que as filmagens fossem exibidas. Depois de muito gaguejar e limpar sua garganta, ele comentou: “Isso é muito embaraçoso”.

Joaquin contou que Larry era um dos cinegrafistas do longa, enquanto sua cara ardia de vergonha. “Às vezes, filmes ficam muito intensos, porque você está num lugar pequeno com muitas pessoas, e você está tentando encontrar algo, então isso pode ser intenso… Mas, hmm, isso deveria ser privado. Estou um pouco envergonhado e peço desculpas por isso”, justificou ele, pedindo  perdão. Assista:

Ao pedir desculpas diretamente para Larry, ele reforçou que a atitude do cinegrafista não contribuiu muito nas filmagens. “Eu peço desculpas, mas ele realmente ficou sussurrando constantemente enquanto estávamos tentando trabalhar. E às vezes é realmente difícil encontrar a emoção que você está buscando. Então, foi errado da minha parte, me desculpe. Mas ele não deveria ter feito isso”, declarou Phoenix, divertindo a plateia.

Vale lembrar que, lá em 2009, Joaquin também teve uma entrevista em que o clima foi bastante constrangedor. O ator esteve no “Late Show with David Letterman”, no qual demonstrou um comportamento bastante estranho e inusitado. Além da aparência mais “desleixada”, ele surpreendeu a todos falando que largaria o trabalho na atuação para apostar no mercado do rap.

A verdade é que ele estava incorporando um personagem de uma nova produção. Naquele ano, o astro esteve no longa “I’m Still Here”, um mockumentary de Casey Affleck – uma espécie de ficção disfarçada de documentário. Então, tudo não passou de uma atuação, interpretando na entrevista uma versão diferente de si mesmo, que era abordada no filme.

Após a repercussão do conteúdo excluído de “Coringa”, além da suposta vergonha alheia no talk show, a equipe de Joaquin contou ao Entertainment Weekly que a cena não passou de uma brincadeira. Então, é muito provável que tudo isso tenha sido encenado para o programa… E nem nos surpreenderíamos, dado o histórico do astro nessas entrevistas, hein?! Kkkk Mas que foi difícil de assistir ao climão, isso foi!