Joey King Invocacao Do Mal

Joey King relembra experiências bizarras no set de “Invocação do Mal” e doença misteriosa: “Estremeço quando penso”; assista

A estrela de “A Barraca do Beijo” recordou como viveu coisas bizarras e sobrenaturais na gravação do filme de terror

Quem viu “Invocação do Mal” nas telinhas pode nem imaginar, mas o clima de terror também pairava nos bastidores. Em entrevista ao “The Drew Barrymore Show”, Joey King revelou as experiências bizarras que viveu quando gravou o filme, aos 12 anos. Ela voltou a falar da misteriosa doença em seu sangue, que surgiu durante as filmagens e acabou logo ao final do trabalho.

Questionada por Drew sobre as experiências sobrenaturais, a atriz reviveu esse trauma. “Foi muito intenso. Algumas coisas estranhas aconteceram no set, paralelo ao filme ser assustador”, iniciou ela. “É verdade, eu desenvolvi essa doença no sangue bizarra, rara e que veio do nada, e basicamente meu corpo, tipo todas as minhas plaquetas foram drenadas. Elas apenas se foram”, acrescentou ela sobre o diagnóstico de Trombocitopenia Primária Imune.

Joey King estrelou “Invocação do Mal” quando tinha apenas 12 anos… e enfrentou situações bizarras nas gravações. (Foto: Reprodução/Warner Bros.)

O caso de Joey preocupou toda a equipe do filme, especialmente com os riscos de complicações ainda mais graves. “Eu tinha o risco de ter uma hemorragia interna e potencialmente teria que fazer uma transfusão de sangue. Foi muito dramático”, lembrou. Diante da situação, alguns protocolos tiveram de ser adotados com a atriz, que ainda era uma criança. “Eu tinha que, todo dia antes e depois do trabalho, ir ao hospital, fazer exame de sangue”, pontuou.

Continua depois da Publicidade

Coincidência ou não, tudo isso acabou com o fim das gravações do longa. “Então, de repente eu fui pra casa, e nunca mais tive nenhum problema com o sangue”, disse King. Drew ficou bastante assustada com o relato. “Você não acha que isso é louco? Eu acho que isso é louco!”, gritou a apresentadora. A estrela de “A Barraca do Beijo”, por sua vez, assumiu que não é fácil reviver essas memórias: “Toda vez que penso nisso, eu estremeço um pouquinho”.

Assista à entrevista abaixo:

Em 2020, em entrevista ao “The Howard Stern Show”, Joey King já havia revelado como ficou apavorada com o que viveu nessa época – especialmente por seus sintomas serem os mesmos sinais que a personagem do filme tinha. “Na trama, quando a mãe é possuída, ela fica com todos esses hematomas. Durante a filmagem dessas cenas específicas, comecei a ter muitos hematomas aparecendo em meu corpo em lugares bizarros – na minha barriga, no meu peito, tipo: o quê?!”, lembrou ela.

Continua depois da Publicidade

Após superar o medo de ser “morta por um fantasma”, a atriz assumiu que ainda lida com as sequelas do trauma. “Eu fico tão perturbada, tipo, muito assustada. No outro dia, eu fui procurar uma foto da bruxa do filme na Internet, e eu senti tanto medo ao digitar o nome dela na busca, eu ficava tipo, ‘Ela está me vendo. Ela vai me matar'”, confessou Joey. Assista ao vídeo aqui:

Pensa que acabou? Joey ainda citou coisas estranhas que aconteceram no set, como objetos caindo, barulhos inusitados e até mesmo calafrios – fatos percebidos não só por ela, como também por outros membros da equipe. Vai quebrando, senhor! Se tiver coragem, relembre abaixo um trechinho de “Invocação do Mal”: