Famosos

Jonas Brothers relembram comportamento ‘pouco saudável’ que fez o grupo se separar em 2013 e revelam o que motivou o retorno

Marina Amaro - Publicado em 25/04/2019 às 14:23
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Os Jonas Brothers finalmente encontraram um equilíbrio, e estão aproveitando serem um grupo musical mais uma vez! O trio, que anunciou o retorno em fevereiro, ficou quase seis anos separado. Após a volta triunfal, eles lançaram dois singles, “Sucker” e “Cool”, e planejam lançar um álbum novo em junho, intitulado “Happiness Begins”. Durante as últimas semanas, eles se apresentaram em shows pequenos, e irão sair em turnê ainda este ano. Eles também farão uma performance no Billboard Music Awards, que acontecerá no dia 1º de maio.

De acordo com Nick Jonas, em entrevista para a Billboard, o retorno tem tudo para ser ainda melhor: “Nós estamos em uma fase saudável, aproveitando a jornada. E eu acho que a música é um reflexo disso”. O grupo, composto por Nick, Joe e Kevin, foi formado em 2005. Em outubro de 2013, a banda cancelou uma turnê dois dias antes do primeiro show, na Pennsylvania. Na época, um representante do Jonas Brothers disse ao E! News que “houve um grande desentendimento sobre a direção musical da banda”. 

“Todos nós queríamos criar algo por nós mesmos, e estávamos tentando forçar isso no meio do que estava acontecendo. Nós estávamos indo na onda, sem colocar nosso coração naquilo… O jeito que nós nos comunicávamos, não era mais saudável”, explicou Joe para a revista. Na época, durante o rompimento, Nick disse que ele e os irmãos estavam encerrando um capítulo, mas não prometeu que seria para sempre. No entanto, reafirmou que cada um queria se dedicar a um projeto individual, e preferiam ser irmãos do que colegas de trabalho.

No programa Good Morning America, Joe confessou que os três discordavam o tempo todo, fosse por clipes, ou por oportunidades individuais: “Em algum momento, nós decidimos que era melhor terminarmos [o grupo] e apoiar um ao outro em aventuras separadas”. De acordo com o E! News, Joe queria atuar e investir em sua própria música. Tanto é que, em 2015, ele lançou seu próprio grupo, o DNCE — que não terminará com a reunião dos Jonas Brothers.

Além disso, Nick também investiu em uma carreira solo de sucesso. “Existe uma mágica diferente quando nós estamos juntos, que eu não estava experimentando [na carreira solo]”, Nick revelou à Billboard. E acrescentou: “Então, eu comecei a colocar algumas músicas dos Jonas Brothers nos meus sets, mas sempre pensei: ‘Seria muito melhor se o resto dos Jonas Brothers estivessem aqui'”. Enquanto os irmãos continuavam sob os holofotes, Kevin se concentrou em seus negócios imobiliários e de construção. Ele também começou uma família: junto com a esposa, Danielle, tem duas filhas.

A vida pessoal dos irmãos floresceu nos últimos tempos: Nick casou com a atriz Priyanka Chopra no ano passado, e Joe está noivo de Sophie Turner, a Sansa de “Game of Thrones”. As três esposas aparecem no novo clipe do grupo, “Sucker”.

De acordo com a Billboard, durante uma visita à Austrália em junho do ano passado, os irmãos fizeram uma brincadeira com bebidas que funcionou como uma sessão de terapia. Eles precisavam escrever e responder perguntas que eles tinham um sobre o outro desde a separação do grupo. Um mês depois, os irmãos visitaram Cuba, e em determinado momento, eles pegaram as guitarras para fazer uma sessão musical. “Nós estávamos tocando a nossa música ‘Lovebug’ nesse belo complexo de apartamentos. Eu estava tão feliz. Eu olhei para eles e disse: ‘Eu estou pronto. Vamos fazer isso, de verdade'”, relembrou Joe.

Que bom que o tempo passa, as feridas saram, e nós temos os Jonas Brothers de novo, né? Veja de novo o clipe de “Sucker” abaixo: