Justin Bieber abre o jogo sobre última tentativa de relacionamento com Selena Gomez: “Fiquei louco e fui imprudente”

Justin Bieber está muito mais vulnerável nessa nova era. Depois de lançar seu novo álbum “Changes”, na última sexta (14), o canadense se sentou com o jornalista Zane Lowe, para uma longa entrevista publicada em seu canal do YouTube. Durante o papo, Justin contou um pouco mais sobre a atual fase de sua vida, assim como também relembrou seu relacionamento com Selena Gomez.

Zane começou o papo elogiando o novo disco do artista, e chamando atenção para uma canção em espacial, dedicada à Hailey Bieber: “That’s What Love Is” (Isso que é amor, em tradução livre). Lowe então observou que, anos atrás, o casal parecia apaixonado, mas decidiu se distanciar, e questionou o porquê de tal atitude.

“Falei pra ela: ‘Escute, eu ainda estou muito magoado e tentando entender o que fazer, e não estou pronto para me comprometer com você desse jeito… Eu só não quero dizer uma coisa e fazer o oposto’. Porque eu já havia feito isso no passado. Então fui honesto com ela e disse: ‘Não estou num momento em que posso ser fiel’. Eu queria ser, mas ainda não tinha chegado lá”, explicou Justin.

Hailey e Justin se casaram oficialmente em setembro de 2018, e celebraram a ocasião 1 ano depois. (Foto: Getty)

Curioso, o entrevistador então quis saber o que teria causado tanto sofrimento a Bieber, na época. “Acho que estava muito machucado por conta do meu último relacionamento”, confessou, mencionando indiretamente seu namoro com Selena.

“Acho que ainda estava lidando com a falta de perdão e todas essas outras coisas. Para ser sincero, acho que eu nem sabia o que estava sentindo, na época. Eu só estava num momento em que sabia que não queria falar uma coisa pra Hailey e… Senti que ela me respeitava muito e eu também respeitava ela. Não queria dizer uma coisa e ela me ver fazendo outra”, reforçou o rapaz, de cabeça baixa.

O relacionamento de Bieber e Gomez foi de idas e vindas e, nesse meio tempo, o cantor conheceu Hailey. “De qualquer maneira, ela (Hailey) me amava e me ver com outras pessoas a machucava”, continuou o canadense. “E com isso dito, ela saiu e fez coisas que me machucaram. E nessa de ficarmos nos machucando, antes da turnê, paramos de conversar, e fiquei muito chateado”, lamentou.

Foi aí que o artista confessou, então, não ter sido o melhor namorado do mundo no passado. “Antes disso, no meu antigo relacionamento, eu fiquei louco e estava sendo imprudente. Então dessa vez, eu tomei um tempo para focar em mim mesmo, e em tentar fazer as decisões certas e tudo mais. E, sim, eu melhorei”, justificou Justin, que tentou evitar cometer os mesmos deslizes durante o namoro com a ex-Disney.

Justin e Selena começaram a namorar em 2011 e, após muitos términos e reconciliações, ambos se separaram de vez em 2018. (Foto: Getty)

O cantor também revelou ter demorado para se recuperar do término e apontou sua fé e sua atual esposa como grandes responsáveis em sua melhora. “Se eu não tivesse me aproximado de Deus, teria me auto-destruído, com certeza. Não seria nada bom. Não sei se estaria vivo. Era tudo muito, muito sombrio”, afirmou, com pesar.

Bieber encerrou o papo demonstrando sua gratidão por Baldwin. “Por isso, sou muito grato por ter essas influências em minha vida. Não haveria história sem Hailey. Ela une tudo isso. Ela é a pessoa que eu estou aprendendo a amar incondicionalmente, com quem quero iniciar uma família. Estou em paz apenas sabendo que tenho o resto da minha vida para construir um relacionamento com uma base sólida de confiança, paciência e todas as coisas necessárias em um relacionamento saudável”, finalizou.