Após ser chamada de pão-dura, Kylie Jenner revela por que pediu doações para pagar cirurgia de ex-maquiador; saiba detalhes

Na última quinta-feira (18), Kylie Jenner se tornou alvo de uma nova polêmica nas redes sociais. A empresária pediu aos fãs que doassem para uma vaquinha online do seu ex-maquiador, Samuel Rauda, enquanto ela própria optou por pagar apenas US$ 5 mil (R$ 27, 5 mil). A estrela acabou sendo duramente criticada — muitas pessoas concluíram que, mesmo sendo uma das celebridades mais ricas do mundo, Kylie preferiu não ajudar integralmente o amigo. Hoje (22), a multimilionária quebrou o silêncio e explicou por qual motivo não deu mais dinheiro.

A família de Samuel Rauda criou a vaquinha online para pagar uma cirurgia no cérebro a qual o rapaz foi submetido, após ter sofrido um acidente de carro e ter tido uma hemorragia interna. Como nos Estados Unidos não existe um programa como o nosso SUS (Serviço Único de Saúde), que teria custeado a operação sem cobrar nada, a família do jovem precisou levantar fundos para pagar as contas do hospital.

A corrente do bem feita na plataforma GoFundMe disponibiliza uma lista com o valor doado por cada pessoa, e foi assim que as pessoas descobriram a quantia depositada por Kylie. Uma fonte próxima da empresária conversou com o Page Six, e explicou que a filha de Kris Jenner doou os US$ 5 mil dólares, porque a quantia pedida inicialmente era de apenas US$ 10 mil (R$ 55 mil), e US$ 6 mil (R$ 33 mil) já tinham sido doados. Logo, ela ainda teria dado US$ 1 mil a mais do que estaria sendo pedido.

Segundo o insider, a meta foi elevada para US$ 120 mil (cerca de R$ 330 mil) logo depois da divulgação que Kylie Jenner fez nas redes sociais. “Como Kylie chamou muita atenção para a arrecadação de fundos, depois o organizador levantou a quantia. Isso fez com que a doação de Kylie parecesse pouca”, explicou. O valor pedido no GoFundMe é justamente o total das contas hospitalares de Samuel Raud.

Posicionamento de Kylie Jenner

A empresária escreveu um comunicado e publicou nos stories, falando de sua atual relação com o maquiador, e como soube do que tinha acontecido. “Sam não é meu maquiador e, infelizmente, não temos mais um relacionamento pessoal, mas trabalhei com ele há alguns anos e acho que ele é muito meigo. Eu vi meu atual maquiador e amigo Ariel postar sobre o acidente de Sam e o GoFundMe da família, e liguei para ele imediatamente para ver o que tinha acontecido com Sam”, começou a empresária.

Continua depois da Publicidade

Kylie reforçou a versão de que só não doou os US$ 10 mil (R$ 55 mil) logo de cara, porque muitas pessoas já tinham doado. “Depois de saber mais detalhes sobre o acidente, me senti na obrigação de visitar o link, que foi fixado em US$ 10 mil. Eles já haviam arrecadado US$ 6 mil (R$ 33 mil), então eu [doei] US$ 5 mil para atingir seu objetivo original“, argumentou.

Sobre a divulgação da campanha em suas redes sociais, Jenner alegou: “Pensei em postar em meus stories para conscientizar, e se alguém também se sentisse com vontade de compartilhar ou doar”. A jovem ainda acrescentou: “Não sei como tudo isso ficou tão distorcido, mas a família [de Samuel] foi contatada por meio de Ariel e agradeceu muito todas as doações, orações e amor por Sam”.

Kylie Jenner esclareceu polêmica envolvendo doação para ex-maquiador. foto: Reprodução/Instagram

Para finalizar, a empresária ainda argumentou que não existiam motivos para as pessoas duvidarem das suas atitudes. “Qualquer um que me conhece sabe que eu faço as coisas de coração e tento ser prestativa sempre que consigo ser. Vamos todos ser positivos e manter Sam, sua família e qualquer um que esteja passando por momentos difíceis em nossas preces. Eu espero que vocês tenham um ótimo dia e vamos encorajar uns aos outros a ajudar o próximo”, encerrou.

A empresária afirmou que tenta sempre ser prestativa. Foto: reprodução/Instagram

Continua depois da Publicidade

Apoio polêmico

Com a repercussão do caso, Kylie Jenner contou com o amparo da cantora Bebe Rexha, que publicou uma série de tuítes. “Não é da conta de ninguém como alguém gasta seu dinheiro. Ponto”, começou. O tom da artista de cara rendeu críticas dos internautas. “Tão decepcionado com ela. Imagine defender uma bilionária pedindo dinheiro às pessoas durante uma pandemia. Você deveria estar envergonhada”, escreveu um perfil. “Bebe Rexha pode calar a boca. Se Kylie conhece o maquiador há ‘mais de 6 anos’, isso não é mais uma razão para ela pagar do próprio bolso?”, questionou um rapaz.

“O fato de que Bebe Rexha acabou de defender Kylie- Estou enojada”

“Bebe… Não a defenda. Kylie ganha mais de US$ 60 mil em um dia… Ela é uma pessoa incrível, mas ela estava errada e muito”

“Excluindo Bebe Rexha da minha lista de reprodução do Spotify. Se você vai defender as ações de Kylie Jenner aqui, então não quero ouvir você”.

Bebe Rexha tentou explicar melhor como tinha entendido a situação. “Em primeiro lugar, vocês precisam obter suas informações corretas. Nunca conheci Kylie e não a conheço. Mas este não é seu amigo, não é seu maquiador. Ela postou isso também para ajudar seu amigo que é amigo dele [Samuel Rauda]. E ela deu US$ 5 mil para alguém que ela provavelmente conheceu apenas uma vez. Vocês estão entediados”, alfinetou.

Continua depois da Publicidade

Uma seguidora escreveu: “Tudo que eu sei é que se eu tivesse o dinheiro, eu cobriria todos os gastos porque é uma boa coisa a se fazer”. “Mas essa é sua prerrogativa. Você tem que fazer o que sente no coração”, respondeu Bebe Rexha. Por fim, a cantora deletou todas as postagens. “Ok, estou farta. Eu vou aproveitar meu dia e ficar despreocupada. E orem por Sam”, compartilhou.