Kim Kardashian e Kanye West ameaçam processar, em R$ 53 milhões, ex-funcionário, que ‘falou demais’, diz TMZ

Kim Kardashian e Kanye West não gostaram nada das revelações feitas pelo antigo guarda-costas do rapper, Steve Stanulis, em uma entrevista para o podcast “Hollywood Raw”, em maio. De acordo com o “TMZ”, o casal mandou um alerta para o segurança, ameaçando-o com um processo multimilionário.

Segundo o site, Kim e Kanye enviaram uma carta de ordem para Stanulis parar de falar sobre a família, sob pena de ação judicial. A carta trazia à tona, a entrevista dada pelo segurança há algumas semanas, e acusava-o de ter dado declarações “falsas e difamatórias”, violando seu contrato de confidencialidade ao mesmo tempo.

Na carta, o casal alega que Steve assinou o contrato em fevereiro de 2016 e o acordo o proibia de falar sobre qualquer informação pessoal ou comercial da família — o que eles afirmam que Steve fez durante a entrevista. Kim e Kanye não especificam quais declarações de Stanulis são “falsas e difamatórias”, mas estão ameaçando processá-lo por pelo menos US$ 10 milhões, cerca de R$ 53 milhões, se ele fizer isso novamente.

Continua depois da Publicidade

O TMZ ressaltou, entretanto, que essa não é a primeira vez que eles ameaçam o ex-guarda-costas por esse motivo. Em maio de 2016, Kardashian e West enviaram a mesma carta para Stanulis, mas também exigiram um pedido de desculpas público. Desta vez, entretanto, o pedido de desculpas não foi feito.

Steve quando ainda trabalhava com Kanye, em 2016 (Foto: Wagner AZ / T.JACKSON / BACKGRID)

O site entrou em contato com o agora ator e diretor e recebeu uma resposta de seu representante. “Nenhum contrato de confidencialidade foi violado. Meu cliente estava em um podcast para promover seu novo filme e velhas histórias que já existiam vieram à tona”, explicou Zack Teperman.

“É injustificado os advogados de Kanye e Kim enviarem uma carta ameaçadora para assustar meu cliente contra seus próprios direitos. Meu cliente já deixou claro que respeita Kanye e o tempo em que eles trabalharam juntos”, disparou o assessor.

Continua depois da Publicidade

“Se Kanye e Kim desejarem levar isso adiante, então é decisão deles, mas eu acho que o tempo e o dinheiro deles seria bem melhor gasto ajudando em assuntos mais urgentes na nossa sociedade, do que em algo que aconteceu muitos anos atrás”, finalizou Teperman.

Relembre o caso

Em entrevista para o podcast “Hollywood Raw”, Steve Stanulis, revelou as exigências e casos excêntricos que precisou enfrentar durante o período que trabalhou como segurança de Kanye West. Segundo o profissional, que agora trabalha como ator e diretor, Kanye tinha “regras ridículas”. Uma delas obrigava o segurança a ficar distante do artista na rua, dificultando ainda mais seu trabalho de protegê-lo. “Ele queria que você ficasse dez passos atrás dele em uma rua da cidade. Então, obviamente, se alguém viesse com o intuito de fazer alguma coisa, no momento em que eu fosse correr para tentar evitar, já teria acontecido”, explicou.

A primeira vez que Steve e West se conheceram foi durante uma semana de moda, um momento que ficou na memória do segurança. “Eu deveria encontrá-lo no estúdio. Quando ele chega lá, entramos no elevador e ele diz: ‘Você não vai apertar o andar que vamos?’ Eu disse: ‘Não faço ideia, é o meu primeiro dia'”, relembrou.

Ex-segurança de Kanye West revelou que o rapper tinha “regras ridículas” e se irritava quando o profissional aparecia em frente às câmeras. Foto: Getty

Continua depois da Publicidade

Mas a voz de “All Of The Lights” não gostou nadinha da resposta. “Ele começou a reclamar: ‘Então você quer dizer que não ligou com antecedência para descobrir para onde devo ir?’ Eu disse que não, então ele ficou delirando e esbravejando”, falou. O que Kanye West não esperava era que Steve teria uma personalidade tão forte quanto a dele.

“Então eu disse: ‘Cara, nós podemos fazer isso de três maneiras. Primeiro, você pode me dizer qual botão pressionar e agora eu vou saber. Dois, você pode pressionar o botão, e eu vou ver qual você pressiona e então eu saberei. Ou três, você pode sentar aqui o dia todo e me dizer o quão importante é o seu tempo e não vamos a lugar algum'”, disparou. No entanto, esse tipo de diálogo se tornou rotineiro no trabalho. “Isso aconteceu várias vezes. Eu dei a ele uma, duas, três [maneiras]”, afirmou.

Stanulis ainda sugeriu que talvez o rapper e a esposa Kim Kardashian seriam responsáveis por comunicar os paparazzi a respeito dos seus compromissos no dia. “Primeiro de tudo, não há como [os paparazzi] não serem chamados antecipadamente. Não há como toda vez que eles saem, todas essas pessoas saibam disso. Definitivamente, alguém está ligando antes. Essa é apenas a minha opinião”, comentou.

Continua depois da Publicidade

“Só estou dizendo que é coincidência que, onde quer que estejamos, [os paparazzi também estão]… Talvez eles sejam apenas melhores do que eu acho que são”, desconversou o diretor.

Ex-segurança de Kanye West sugere que o cantor e a esposa Kim Kardashian revelam onde vão estar para os paparazzi com antecedência. Foto: Getty

Inclusive, os cliques de Kanye na rua acabavam rendendo “puxões de orelha” em Steve. “Tecnicamente, eu devo andar na sua frente. Tenho que garantir que você esteja bem. Ele ficou bravo comigo por aparecer na foto”, entregou. “Então, eu fiquei tipo… ‘Você está falando sério?’ Ele estava preocupado com eu estar na foto dele para um vídeo do TMZ, ou para o Daily Mail… Tanto faz. Em vez de dizer obrigado, ele estava com raiva de mim por estar na foto”, se indignou.

O ator listou outras grandes celebridades para quem já trabalhou, a exemplo de Leonardo DiCaprio, Cameron Diaz, Alanis Morissette, Woody Harrelson e Tobey Maguire, mas citou Kanye como “uma das pessoas com quem menos gostou de trabalhar”. Apesar de tudo isso, Steve assumiu que admirava muito o quanto o artista se dedicava ao trabalho.

Continua depois da Publicidade

Steve Stanulis participou do podcast “Hollywood Raw”, apresentado por Dax Holt e Adam Glyn. Foto: Reprodução/Instagram

A repercussão da participação de Steve no podcast estampou manchetes de vários veículos da imprensa. Em seu Instagram pessoal, o guarda-costas resolveu falar sobre a entrevista. “Estou fazendo essa declaração porque o que eu disse em um recente podcast foi tirado de contexto por alguns meios de comunicação e foi sobre eventos que aconteceram muitos anos atrás”, iniciou.

“Kanye West é uma das pessoas mais trabalhadoras que eu conheço, além de talentoso em cada aspecto da sua vida. Eu acredito tanto nisso que minha empresa Stanulis Films começou a conversar com a equipe dele para estrear um filme que estamos produzindo em Nova Iorque depois [que terminar a pandemia] da covid-19″, continuou.

Em seguida, Steve elogiou Kim Kardashian e o marido e afirmou que o rapper foi o responsável pelos novos rumos da sua carreira, agora como ator e diretor. “Com o atual clima da nossa sociedade, é lamentável que meios de comunicação tentam desenterrar fofocas como isca de cliques”, encerrou, antes de anunciar seu próximo projeto profissional e garantir que não tocará mais no assunto.