Kim (3)

Kim Kardashian e Kanye West têm processo de divórcio finalizado, mas juiz atende a uma condição do rapper

A audiência de divórcio aconteceu por videoconferência e, segundo o TMZ, Kanye não se opôs à decisão do Juiz

Kim Kardashian não é mais uma West — oficialmente! Segundo o TMZ, nesta quarta-feira (2), a empresária teve seu processo de divórcio de Kanye West acatado pela Justiça norte-americana e restaurou seu estado civil para solteira. Os dois se separaram em fevereiro de 2021 e são pais de North, 8 anos, Saint, 6, Chicago, 4, e Psalm, 2.

Ainda por conta da pandemia de Covid-19, a audiência aconteceu por videoconferência e Kim esteva presente. Já Ye optou por não comparecer e foi representado somente pelo seu advogado. Em documentos obtidos pelo mesmo portal na semana passada, a dona da SKIMS alegou que o ex-marido estava causando “angústia emocional ao disseminar informações erradas sobre assuntos familiares privados nas redes sociais”.

Kim Kardashian Kanye West
Kim Kardashian, Kanye West e os filhos do ex-casal. (Foto: Reprodução/Instagram)

“Desejo muito me divorciar. Pedi a Kanye para manter nosso divórcio privado, mas ele não o fez. Embora eu desejasse que nosso casamento tivesse dado certo, cheguei à conclusão de que não há como consertar a relação. Kanye não concorda, mas pelo menos parece que ele percebeu que eu quero terminar nosso casamento, mesmo que ele não queira”, afirmou ela nos papéis.

Na audiência, o advogado do rapper fez três pedidos ao juiz. O primeiro, aceito pelo magistrado, foi que o direito a qualquer dinheiro que será recebido — e dividido — pelos dois nos próximos anos seja preservado em caso de morte de uma das partes. Assim, Ye quer garantir o reembolso do valor que qualquer um deles tenha em débito com o outro.

Já os outros dois foram negados. O advogado pediu que Kim não transferisse nenhum bem colocado em contas fiduciárias e, também que, caso a socialite se casasse novamente, ela abrisse mão do “privilégio marital”. Esse direito diz que um cônjuge não é obrigado a testemunhar contra o outro.

Continua depois da Publicidade

Apesar de oficialmente livres e solteiros, Kim e Kanye ainda vão continuar com a etapa seguinte do divórcio, que na legislação dos Estados Unidos é chamada de “julgamento bifurcado”. Ou seja, o ex-casal pode ser considerado solteiro enquanto questões como a divisão de bens e a guarda dos filhos continuarão sendo discutidas.

Gettyimages 1076421784
Kim já havia afirmado que “queria muito se divorciar”. (Foto: Getty)

Apesar da decisão da Justiça, no mês passado Ye demonstrou seu desejo de reatar o casamento com Kim. Em 14 de fevereiro, Dia dos Namorados nos EUA, o artista voltou a falar da ex. “Eu não tenho conflitos com a Kim, eu amo minha família então parem com essa narrativa. Eu não vou desistir da minha família. Comprei esse casaco para a Kim. Eu tenho fé que eu e ela vamos voltar. Nós temos uma relação pública porque somos figuras públicas. Às vezes as pessoas me chamam de louco, mas estar apaixonado é estar louco por alguma coisa e eu sou louco pela minha família. Feliz Dia dos Namorados”, disse ele, em seu Instagram.

2
(Foto: Reprodução/Instagram)

Kim, por sua vez, segue firme e forte em seu relacionamento com Pete Davidson. Após uma série de posts polêmicos de Ye, a empresária tem tentado ao máximo ignorar a postura pública do ex. “Ela está muito feliz agora e está se divertindo muito. Ela gosta de onde ela está na vida e está amando este novo capítulo. Desde que as crianças estejam seguras e cuidadas, isso é tudo o que importa para ela”, afirmou uma fonte ao E! News.