Kim Kardashian revela que, para proteger sua família, precisou reavaliar o uso das redes sociais: “Pode ser um pouco perigoso”; entenda!

Quando nossa mana Kim Kardashian chegou nas redes sociais, tudo era “mato”. Anos se passaram e ela se tornou referência no assunto, aprendendo da pior forma como a exposição na web pode ter diversos pontos negativos. Após lidar com muitos “haters”, parece que a empresária encontrou um equilíbrio saudável para usar a internet e, principalmente, prezar pela imagem de seus filhos.

A empresária esteve no 23º Congresso Mundial de Tecnologia da Informação e foi uma das principais palestrantes, falando justamente sobre sua vida exposta nas redes sociais. “Acho que no começo eu não sabia o que realmente significava a palavra ‘privacidade’. Eu estava muito bem com as pessoas que conheciam todos os detalhes da minha vida. À medida que você envelhece e tem filhos, percebe que deseja valorizar a privacidade, descobri um equilíbrio realmente bom de compartilhar apenas o que eu realmente quero”, disse.

Kim Kardashian explicou que precisou reavaliar a forma como se portava nas redes sociais, principalmente quando passou a ser um problema para sua segurança. “Definitivamente, há um excesso de compartilhamento ainda, especialmente quando a segurança pode ser um fator em risco quando há tantos olhos em você. Aprendi em primeira mão que, se você compartilhar demais, às vezes pode ser um pouco perigoso”, explicou.

View this post on Instagram

Wyoming Nights

A post shared by Kim Kardashian West (@kimkardashian) on

E não é para menos a preocupação de Kim… Em outubro de 2016, a filha de Kris Jenner viveu um dos seus maiores pesadelos, quando a suíte em que estava hospedada em Paris foi invadida por dois bandidos. “Eles me amarraram com cabos de plástico e fita adesiva nas mãos, depois taparam minha boca com fita e amarram as minhas pernas”, revelou no seu depoimento. Os ladrões roubaram um anel que a Kardashian usava no momento e um cofre com joias avaliadas em nove milhões de euros. Esse foi considerado o maior roubo de joias cometido na França contra uma pessoa particular em mais de 20 anos.

Mãe de quatro filhos, a maternidade acabou pressionando a empresária para rever sua postura na web. “Eu ajo com muita cautela agora que tenho filhos, mas ainda amo ser aberta e honesta e é isso que sou… Essa é a minha marca. Existe uma maneira de conciliar os dois e seguir postando sem parecer que toda a sua vida está sendo usada apenas para as mídias sociais. Você precisa ter equilíbrio”, aconselhou.