Laudo médico com causa oficial da morte de Gugu Liberato é divulgado; saiba os detalhes

A morte precoce de Gugu Liberato no final do mês de novembro, aos 60 anos de idade, deixou o país em luto. Nesta segunda-feira (30), o jornal O Estado de S. Paulo divulgou o laudo médico sobre o acidente doméstico sofrido pelo apresentador em sua casa nos Estados Unidos.

De acordo com o documento, o falecimento de Gugu aconteceu no dia 21 de novembro, um dia antes da confirmação feita pela sua assessoria de imprensa. Os médicos atestaram que houveram “contusões na cabeça e pescoço, com equimose periorbital à direita. Hemorragia subaracnóide, fraturas do osso parietal direito, fraturas na têmpora direita e hematomas subdurais bilaterais”.

“Em consideração às circunstâncias que cercam sua morte, e após examinação do corpo, análise toxicológica e revisão da avaliação dos registros médicos, é minha opinião que a morte de Antônio Liberato, homem branco de 60 anos, que caiu através do teto de seu sotão para o chão e foi transportado para o hospital na sequência, é resultado de um traumatismo craniano”, concluiu Joshua D. Stephany, médico perito responsável por avaliar o caso do apresentador.

Gugu deixou a companheira, Rose Di Matteo, e os filhos João Augusto, Sofia e Marina. (Fotos: Amauri Nehn/Brazil News)

Na queda, Gugu sofreu um impacto muito forte no chão, rendendo ainda “contusões na parte superior direita do tórax, parte lateral direita do tórax, parte superior esquerda do tórax e parte lateral esquerda do tórax e centro do tórax”, uma “fratura na primeira vértebra lombar” e “contusões na coxa anterior esquerda”.

Após a morte de Liberato, sua família optou por doar seus órgãos, o que acabou beneficiando 50 pacientes que estavam na fila de transplante. “Atendendo a uma vontade dele, a família autorizou a doação de todos os órgãos. Gugu sempre refletiu sobre os verdadeiros valores da vida e o quão frágil ela se revela. Sua partida nos deixa sem chão, mas reforça nossa certeza de que ele viveu plenamente. Fica a saudade, ficam as lembranças – que são muitas – e a certeza que Deus recebe agora um filho querido, e o céu ganha uma estrela que emana luz e paz”, disse o comunicado enviado para a imprensa.