Lorenaimprota

Lorena Improta conta que evita sexo na reta final da gravidez, e explica o porquê: “O Léo que lute!”

Todo cuidado é pouco na reta final! Neste domingo (13), Lorena Improta abriu uma caixinha de perguntas para os seus seguidores no Instagram e falou um pouco mais sobre os preparativos para a chegada de Liz, primeira filha dela com o marido, Léo Santana. Uma das dúvidas era se ela e o cantor estariam conseguindo “namorar” no último semestre da gestação, e a dançarina explicou que não.

“Ent

ão… Estou cansada demais nesta reta final e fico com medo dela nascer. Léo que lute”, disse Lore para os fãs. Ela ainda explicou que não quer antecipar o parto da filha antes de tudo estar pronto: “Vocês estão falando que é bom namorar e que ajuda no parto. ‘Sua médica não falou?’ Falaram e falam toda hora, mas não quero que a Liz nasça agora. Quero que o quarto dela esteja pronto. Estou segurando a onda. Quando estiver tudo pronto, aí eu namoro (risos)”.

Continua depois da Publicidade

Além de ter compartilhado uma linda montagem com a evolução da sua barriga durante a gestação, a influenciadora comentou com os seguidores que não sabe quando Liz vai nascer, mas que pode ser a qualquer momento. “Eu quero parto normal. Só vou fazer cesárea se realmente for necessário”, acrescentou a loira.

Whatsapp Image 2021 09 13 At 12.32.36
Lorena Improta fala sobre reta final da gravidez no Instagram (Reprodução/Instagram)

Improta também contou que não descarta a ideia de contratar uma babá para a ajudar. “Por mais que a minha mãe e minha sogra venham para cá, elas não moram com a gente. Então, a gente está vendo uma babá sim para poder me auxiliar. Para as mamães com condição de ter uma babá, eu acho importante”, pontuou.

Continua depois da Publicidade

E mesmo com a ajuda profissional, a dançarina não quer perder nenhum cuidado com a pequena, principalmente nos primeiros meses. “Estou entendendo ainda o momento que a gente vai ter essa pessoa aqui. Quero ter esse contato real com Liz de trocar fralda, amamentação, de dia a dia, de acordar de madrugada, eu e Léo. A gente quer passar por essa experiência por mais cansativo que falem que seja“, concluiu.