Marilia Header

Marília Mendonça: Empresário fala sobre destino de composições inéditas da cantora; assista

Após a partida precoce de Marília Mendonça, vítima de um trágico acidente de avião no dia 5 de novembro, e muitos rumores envolvendo trabalhos inéditos, nesta segunda-feira (29), o empresário da cantora confirmou os boatos. Em entrevista ao colunista Leo Dias, do jornal Metrópoles, Wander Oliveira afirmou que a Rainha da Sofrência deixou mesmo alguns projetos antes de falecer.

Segundo o dono da Work Show, além de composições e melodias, Marília também deixou algumas gravações já prontas. Mas o destino dos materiais ainda depende do desejo da família da cantora. “A gente não sabe ainda o formato, eu preciso ainda falar com a Dona Ruth [mãe de Marília], preciso ainda falar com o Murilo [Huff], que são as pessoas ligadas à Marília, ao Leo [filho de Marília e Murilo], para entender qual é o desejo deles, a gente não pode fazer nada que não seja o desejo da família”, explicou.

O empresário garantiu que ligaria para Dona Ruth, mas que estava esperando o momento certo: “A gente tem que ter o respeito… Eu quero até ligar, até para falar sobre isso com ela, agora de uma maneira mais serena, mais tranquila. Acho que a gente tem que dar tempo para a pessoa respirar um pouco e entender também o que está acontecendo”.

Ca
Marília Mendonça se apresentaria em uma cidade do interior de MG. (Foto: Will Dias/AgNews)

Na entrevista, Wander também falou sobre a continuação do projeto “Patroas“, sucesso de Marília Mendonça ao lado da dupla Maiara & Maraísa. Segundo ele, sua vontade é dar continuidade, mas de uma forma inovadora e tecnológica, sempre lembrando da artista. “A minha vontade é continuar de alguma maneira. Quem sabe uma Marília no palco de alguma maneira. Trazer essa memória da Marília. Só tô jogando ideia, não é nada certo”, disse.

Marilia Mendonca Maiara Maraisa
Amigas de longa data de Marília Mendonça e Maiara & Maraisa começaram juntas o projeto “Patroas”. (Foto: Divulgação)

Assista à entrevista completa: 

Continua depois da Publicidade

Em entrevista coletiva no dia 25 de novembro, a Polícia Civil de Minas Gerais confirmou a causa da morte de Marília Mendonça. Segundo as informações obtidas pelo G1, os trabalhos de necrópsia apontaram “politraumatismo contuso” em todos os ocupantes da aeronave. Além da cantora, o produtor Henrique Ribeiro, o tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Medeiros Júnior e o copiloto Tarciso Pessoa Viana também morreram na tragédia. Clique aqui para saber os detalhes.