Medo! Joey King revela experiência bizarra e assustadora que viveu nas filmagens de “Invocação do Mal”: “Pensei que seria morta” — confira!

Antes de curtir “A Barraca do Beijo”, Joey King viveu momentos assustadores no elenco de “Invocação do Mal”. Muitos não se lembram, mas quando ainda era bem novinha, a atriz estrelou o longa de terror. Em entrevista ao “The Howard Stern Show”, ela recordou algumas experiências sobrenaturais – bizarríssimas – que encarou nos bastidores.

“Esse filme é muito f*dido. Ele me deixou mexida a vida inteira”, iniciou ela, recordando que passou a ter hematomas misteriosos em seu corpo – tal qual a mãe do filme, quando é possuída. “Essa história é muito esquisita, e é a raiz pela qual eu tenho tanto medo desse filme. Na trama, quando a mãe é possuída, ela fica com todos esses hematomas. Durante a filmagem dessas cenas específicas, comecei a ter muitos hematomas aparecendo em meu corpo em lugares bizarros – na minha barriga, no meu peito, tipo: o quê?!”, lembrou ela.

Joey King estrelou “Invocação do Mal” quando tinha apenas 12 anos… e enfrentou situações bizarras nas gravações. (Foto: Reprodução/Warner Bros.)

A situação foi tão inusitada que acreditavam que Joey estava apenas pregando uma peça em todos. “As maquiadoras achavam que eu estava roubando seus hematomas falsos e que gostava de brincar com elas. Eu ficava tipo: ‘Por que eu faria isso?’. Eles não acreditavam em mim e tentaram tirar meus hematomas reais esfregando álcool e óleo neles. Eu falava: ‘Tô dizendo, não estou mentindo!’”, mencionou ela.

Assim, a pequena Joey foi levada ao médico – e descobriu uma delicada doença. “Fiz alguns exames de sangue e eles disseram que poderiam ser sinais iniciais de uma leucemia. Eu estava muito assustada. Aliás, eu tinha 12 anos… Então, eu fiz todos esses testes e, de repente, soube que tinha essa condição de afinamento no sangue, chamada ITP [Trombocitopenia Primária Imune] em que todas as minhas plaquetas praticamente foram drenadas do meu corpo misteriosamente”, comentou.

Joey King lembra ter ficado apavorada com a doença misteriosa e os acontecimentos sobrenaturais nas gravações. (Foto: Reprodução/YouTube)

“Eu nunca tive nenhum problema no sangue, nem a minha família. Eu corria risco de precisar de uma transfusão de sangue e todos estavam com medo de me deixarem trabalhar, porque se eu encostasse em algo, eu poderia ficar com um hematoma”, lembrou King. Com isso, a atriz precisou frequentar o hospital diariamente, realizar exames todos os dias e mudou sua dieta para tentar recuperar-se. Estranhamente, tudo isso passou assim que as gravações do longa de terror se encerraram.

“Quando voltei para casa, minhas plaquetas estavam totalmente bem. Estavam de volta aos números normais e, desde então, nunca mais tive nenhum traço disso”, concluiu Joey. Que bizarro, gente! “Eu estava tipo, ‘Quer saber? É isso, acabou para mim. Eu tive uma boa caminhada. Eu tenho 12 anos. Eu só vou, você sabe, ser morta por um fantasma agora’”, divertiu-se ela ao lembrar do pavor que sentia na época.

O trauma foi tanto que as sequelas do medo duram até hoje… “Eu fico tão perturbada, tipo, muito assustada. No outro dia, eu fui procurar uma foto da bruxa do filme na Internet, e eu senti tanto medo ao digitar o nome dela na busca, eu ficava tipo, ‘Ela está me vendo. Ela vai me matar'”, confessou Joey, que ainda recebeu um sustinho daqueles do apresentador. Assim o coração vai na boca, homem! Assista ao vídeo aqui:

Mas não parou por aí… De acordo com Joey, “a família da qual a história se baseia veio e visitou o set, e estava contando todas essas histórias selvagens que aconteceram. Eu fiquei tão assustada depois daquilo. Eu sentia que era verdade”. Ela ainda citou coisas estranhas que aconteceram no set, como objetos caindo, barulhos inusitados e até mesmo calafrios. Tudo isso também foi percebido por outras pessoas. Vai quebrando, senhor!

Se você tiver coragem, relembre abaixo um pouquinho de “Invocação do Mal”: