Mistério decifrado! Taylor Swift revela o nome da terceira filha de Ryan Reynolds e Blake Lively em música do novo álbum — saiba qual é!

Taylor Swift não é esfinge, mas está repleta de enigmas e segredos dentro de seu mais novo álbum, “Folklore”, lançado nesta sexta-feira (24). Os fãs da cantora, que não são bobos nem nada, já começaram a caçada pelos “easter eggs”, e descobriram que a artista realmente revelou o nome da terceira filha dos atores Ryan Reynolds e Blake Lively.

O casal, que faz parte do grupo de melhores amigos da estrela, deu as boas-vindas à caçula em outubro do ano passado, mas, até então, ninguém sabia qual era o nome da criança. Dito isso, os fãs repararam que na faixa “Betty”, Taylor Swift menciona os nomes das duas primeiras herdeiras de Ryan e Blake, as pequenas James e Inez. “Você ouviu os rumores de Inez, você não pode acreditar em uma palavra do que ela diz”, e “Ela disse: ‘James, entre, vamos dirigir'”, compôs a cantora.

Desde então, os swifties de plantão começaram a especular que Betty foi o nome escolhido pelos atores para batizar a criança. A revista People foi atrás de uma resposta, e embora os representantes de Ryan Reynolds e Blake Lively não tenham dado um retorno sobre o assunto, uma fonte próxima do casal entregou para a publicação que a teoria mirabolante está certíssima!

O terceiro filho de Blake Lively e Ryan Reynolds nasceu no ano passado e não teve seu nome revelado. Foto: Getty

Bom, se os admiradores da cantora resolveram essa charada, pode ser que eles também estejam bem perto de solucionar uma outra suspeita… No anúncio do lançamento de “Folklore”, Taylor revelou ter escrito duas músicas com “William Bowery”. No entanto, os internautas não conseguiram encontrar nenhuma informação sobre esta pessoa. Coincidentemente, o compositor também é a única pessoa que não foi marcada no post divulgado por Swift no Instagram.

View this post on Instagram

Most of the things I had planned this summer didn’t end up happening, but there is something I hadn’t planned on that DID happen. And that thing is my 8th studio album, folklore. Surprise 🤗Tonight at midnight I’ll be releasing my entire brand new album of songs I’ve poured all of my whims, dreams, fears, and musings into. I wrote and recorded this music in isolation but got to collaborate with some musical heroes of mine; @aarondessner (who has co-written or produced 11 of the 16 songs), @boniver (who co-wrote and was kind enough to sing on one with me), William Bowery (who co-wrote two with me) and @jackantonoff (who is basically musical family at this point). Engineered by Laura Sisk and Jon Low, mixed by Serban Ghenea & Jon Low. The album photos were shot by the amazing @bethgarrabrant. Before this year I probably would’ve overthought when to release this music at the ‘perfect’ time, but the times we’re living in keep reminding me that nothing is guaranteed. My gut is telling me that if you make something you love, you should just put it out into the world. That’s the side of uncertainty I can get on board with. Love you guys so much ♥️

A post shared by Taylor Swift (@taylorswift) on

Como os swifties não brincam em serviço, eles chegaram à conclusão de que o nome poderia ser um pseudônimo para Joe Alwyn, namorado da artista. O bisavô do ator se chamava William Alwyn e era compositor, maestro e professor de música. Além disso, os fãs resgataram a memória de uma hospedagem de Taylor e Joe no famoso hotel Bowery, em Nova Iorque. Como a cantora já é conhecida por deixar essas pistas em suas obras, e em outros trabalhos profissionais preferiu usar pseudônimos, a teoria tem ganhado cada vez mais força na web. Será?! Vamos aguardar os próximos capítulos!