Conrado Aleksandro Onibu

Motorista filma ônibus de dupla sertaneja em alta velocidade antes da morte de Aleksandro, e ‘prevê’ acidente: ‘Passou a mais de 140km/h’; assista

O motorista flagrou o ônibus em alta velocidade na rodovia Régis Bittencourt alguns momentos antes da tragédia

Pouco antes de sofrer um grave acidente, o ônibus que levava a dupla Conrado e Aleksandro foi flagrado em alta velocidade na Rodovia Regis Bittencourt. Nesta segunda-feira (9), o homem que fez o vídeo do veículo se manifestou sobre o caso ao G1. Segundo ele, sua intenção era apenas alertar os sertanejos sobre os riscos que corriam.

O autor da gravação, que preferiu não se identificar, contou que não esperava que a história teria um desfecho tão trágico – resultando na morte de Aleksandro e outras cinco pessoas. “Vi que estava escrito o nome da dupla e pensei que poderia gravar para depois encaminhar o vídeo. Planejava encontrar o telefone deles para mostrar como o motorista estava ‘correndo’ na rodovia. Jamais imaginava que o acidente pudesse acontecer”, afirmou.

Continua depois da Publicidade

O homem, de 46 anos, relatou ter gravado o vídeo às 9h47, momentos antes do acidente – o ônibus tombou por volta das 10h30. Nas imagens, ele aparece se queixando da postura do motorista do veículo dos artistas. “Depois acontece um acidente e colocam a culpa sempre em outra coisa, mas a imprudência fala mais alto aqui! Ultrapassa caminhões como se fosse um carro pequeno”, disse ele na filmagem. Assista:

Além de segurar o celular ao volante, o homem que fez o flagrante acabou registrando que ele mesmo ultrapassou o limite permitido para a rodovia – de até 110 km/h para veículos leves. “O ônibus passou a mais de 140 km/h e chamou a minha atenção. Acelerei para alcançá-lo”, mencionou ele, alegando que antes disso estava dentro da velocidade permitida. “Não filmei com intenção de prejudicar ninguém. Tenho o hábito de gravar essas coisas”, afirmou a testemunha, que disse já ter presenciado outras situações parecidas.

Continua depois da Publicidade

Polícia Rodoviária Federal se manifesta

A PRF se posicionou sobre o vídeo em um comunicado, declarando que o motorista que gravou o ônibus também causou um grande risco ao trânsito. “Cumpre-nos esclarecer que o uso do celular na direção representa conduta proibida pelo CTB, cuja lesividade na causa de acidentes supera o próprio excesso de velocidade. Sendo assim, o condutor que gravou o vídeo causou mais risco ao trânsito do que o motorista que imprimiu velocidade excessiva, porém este último acidentou-se em virtude do estouro do pneu”, apontou.

De acordo com a corporação, o vídeo foi feito na Rodovia Regis Bittencourt, por volta do km 454, enquanto o ônibus tombou no km 402. Naquele local, a velocidade máxima para veículos de grande porte é de 80 km/h – bem menos do que flagrado na gravação. Contudo, a PRF não confirmou que o vídeo foi registrado antes do acidente, apesar de os horários coincidirem com a ordem dos fatos.

Entenda o caso

O grave acidente ocorreu por volta das 10h30 do último sábado (7), na rodovia Régis Bittencout, na altura de Miracatu, no interior de São Paulo. Aleksandro, primeira voz da dupla com Conrado, foi uma das vítimas fatais. Além dele, também foram confirmados os óbitos de Wisley Aliston Roberto Novais (músico), de Sandovalina (SP); Marzio Allan Anibal (músico), de Ibiporã (PR); Giovani Gabriel Lopes dos Santos (técnico), de Londrina (PR); Roger Aleixo Calcagnoto (músico), de Londrina (PR) e Gabriel Fukuda (técnico de luz), São Sebastião de Amoreira (PR).

Whatsapp Image 2022 05 08 At 15.37.00
Acidente com ônibus deixou seis mortos. (Foto: Reprodução)

O sertanejo Conrado, cujo nome de batismo é João Vitor Moreira Sales, está internado em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Regional de Registro, interior de São Paulo. Em nota, a equipe do sertanejo relatou que ele foi o primeiro a ser socorrido no local do acidente. “O cantor encontra-se no momento na UTI, em estado grave, mas estável, sendo necessário aguardar a evolução do quadro nas próximas horas“, completou o comunicado.

Continua depois da Publicidade

Primeiramente, a assessoria de Conrado havia dito que o artista tinha dado entrada no hospital apenas com ferimentos leves. Porém, um boletim médico divulgado na madrugada deste domingo (8), indicou que a situação era mais delicada e que ele precisaria de uma “cirurgia geral”. O músico Júlio César Bugoli Lopes também foi enviado ao hospital em estado grave, onde passou por uma neurocirurgia e por um procedimento ortopédico.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) revelou que o motorista do ônibus perdeu o controle da direção depois que um pneu estourou no caminho, o que fez com que o veículo tombasse no canteiro. O enterro de Luiz Aleksandro Talhari Correia, nome oficial de Aleksandro, ocorreu na tarde de hoje (9) em Londrina, no Paraná.

Nossos sentimentos aos familiares e amigos das vítimas, e desejos de muita força aos que seguem se recuperando…