Mumuzinho achou que ia morrer de Covid-19 e relembra fase difícil da doença: ‘50% do meu pulmão estava tomado’

Recuperado da Covid-19 – doença causada pelo novo coronavírus – Mumuzinho participou na madrugada desta quarta-feira (10), do “Conversa com Bial”, da TV Globo. Durante a conversa, o músico relatou a luta que travou contra a enfermidade e declarou que chegou a pensar que fosse morrer.

Quando entrei no hospital e o médico falou que eu estava com Covid-19 e 50% do meu pulmão estava tomado, nesse momento tomei um susto e achei que fosse morrer, porque você não espera receber uma notícia dessa. Nesse momento a gente fica mais fraco“, relembrou Mumuzinho.

O cantor de pagode ficou seis dias internado no Hospital Vitória, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e chegou a apresentar alguns dos sintomas mais agudos da doença como febre e pneumonia. Como manda o protocolo médico, Mumuzinho precisou ficar em completo isolamento, o que segundo ele, teria sido um dos momentos mais difíceis.

Conversava comigo mesmo pra não me sentir sozinho. Essa é a outra parte da doença que é muito triste. Fiquei sozinho literalmente, sem contato com ninguém, a não ser com as enfermeiras que estavam de luva e proteção. Refleti muitas coisas sobre a minha vida e ficava inventando coisas na minha cabeça para me dar forças para sair dali“, recordou, dando o exemplo do oxigênio que era colocado em suas narinas para ajudar na respiração. De acordo com o artista, ele ficava imaginando que aquilo tinha cheiro de tutti-frutti.

Além da veia lúdica, Mumuzinho também lançou mão de um mantra para vencer o coronavírus. “Eu sempre busquei essa frase: ‘Eu vou conseguir. Sou negro, sou preto, sou pobre, mas eu vou conseguir. Esse é o meu mantra: ‘Eu quero, eu posso, eu vou na fé e sem desistir’. Assim eu usei essa frase para sair da doença“, contou ele, que no início do ano, inclusive, havia lançado uma canção justamente com o mesmo mantra.

Por fim, ainda na entrevista a Pedro Bial, o cantor de “Eu Mereço Ser Feliz” lamentou o atual governo do presidente Jair Bolsonaro. “Esses políticos que estão no poder, eles estão brincando de mandar. [É preciso] fazer o trabalho de gestor legal mesmo, de trabalhar com união e humildade, de ouvir o outro lado e não ser desse jeito de ‘Eu quero que seja isso. Vai ser isso‘. O país não é de uma pessoa só, o país é nosso.”, finalizou. Assista a um trecho: