Nicki Minaj tem show cancelado de última hora e grupo de fãs grita nome de Cardi B em protesto; Rapper explica incidente

Eita, gente! A Nicki Minaj não está tendo sorte com os shows de sua atual turnê na Europa. Neste sábado (9), a rapper cancelou de última hora mais uma apresentação que faria por lá, dessa vez na Arkea Arena, na região de Bordéus na França. O incidente aconteceu poucas semanas após Nicki ter cancelado o show que faria em Bratislava, na Eslováquia.

E o motivo alegado teria sido o mesmo: a arena não tinha eletricidade suficiente para fazer o show. No momento em que um dos organizadores subiu ao palco para anunciar o cancelamento, um grupo presente ficou irritado e começou a gritar o nome de Cardi B, como forma de protesto. Veja no vídeo abaixo:

Após toda a confusão, Nicki usou suas redes sociais para explicar o que aconteceu. “Pessoal, não é do meu interesse não me apresentar, perder dinheiro e irritar meus fãs. Eu amo cantar para os meus fãs. Estou mais animada do que vocês antes do show. Essas duas cidades que tinham problemas técnicos eram cidades para as quais eu nunca tinha ido. Nós tentamos adicioná-las, mas eles simplesmente não tinham a energia no prédio para realizar o meu show, e eles só nos disseram isso três horas antes do show, sendo que quando fizemos a checagem de som, eles disseram que estava tudo bem”, disse Minaj em vídeo publicado no Instagram.

Mas mesmo assim. Todo artista, todo artista tem dificuldades técnicas e tem que cancelar shows. Eu quero dizer que eu amo muito vocês e eu realmente espero compensá-los muito em breve“, finalizou a rapper.

https://www.instagram.com/p/BuzqcL3ntvM/

Apesar do protesto de um grupo de fãs, Nicki compartilhou outro vídeo na rede social, mostrando uma multidão de gente que a esperava na porta de seu hotel para tietá-la. “Amo vocês, #Bordeaux. Nós realmente queríamos nos apresentar hoje à noite. Espero estar de volta em breve“, escreveu ela na legenda.

Com sua turnê pela Europa, Nicki ainda tem shows marcados até o final de março, em países como Inglaterra, Irlanda, Escócia, Luxemburgo, Alemanha, Holanda e Suíça.