Nova profissão! Adriana Esteves viraliza na web após assinatura em manifesto contra Regina Duarte; entenda o caso e confira os memes!

Quer ser Adriana Esteves? Então, vai estudar! Neste domingo (10), a eterna Carminha de “Avenida Brasil” viralizou nas redes sociais por conta de sua assinatura em um manifesto em oposição à Regina Duarte. No documento, no campo em que deveria marcar sua profissão, a atriz escreveu “Adriana Esteves”, e a web foi à loucura.

O manifesto contou com a assinatura de 512 artistas e profissionais ligados à cultura, como Marieta Severo, Alice Braga, Marilia Gabriela, Caetano Veloso, Chico Buarque, Rita Lee, entre outros. No entanto, foi a participação de Adriana que tomou conta da web e se tornou um dos assuntos mais falados nas redes sociais. Afinal, como é que faz para ser Adriana Esteves e ter a profissão “Adriana Esteves”? Kkkk Dá uma olhada:

Continua depois da Publicidade

Não demorou até que muitos tivessem interesse na nova carreira:

Houve até mesmo os que já almejaram a tão esperada aprovação na universidade, sonhando com a graduação em Adriana Esteves! Qual será a nota necessária pra entrar nesse curso? Kkkk

Mas a graduação em “Adriana Esteves” é pouco! Em curto tempo, surgiram até mesmo os cursos de especialização e pós-graduação na profissão queridinha do momento! Não sei vocês, mas também quero meu MBA em Catarina, de “O Cravo e a Rosa” e Doutorado em Celinha de “Toma Lá Dá Cá”… Kkkk

Continua depois da Publicidade

Nessa história toda, foi impossível não comparar com um caso similar no mundo da moda.

Mas vamos aos fatos: Adriana é uma entidade tão poderosa que a gente nem julga: se é uma profissão mesmo, ou não é, ela segue sendo um mulherão da p****!

Continua depois da Publicidade

Na semana passada, Regina Duarte minimizou as mortes e a tortura do período da Ditadura Militar no Brasil, em entrevista à CNN Brasil. A secretária especial da Cultura também perdeu a paciência ao ser questionada por Maitê Proença, que quis entender seus feitos na secretaria do Governo Federal. Após a atitude, diversos artistas como Anitta, Bruno Gagliasso e a própria Maitê lamentaram a atitude e manifestaram seu repúdio à atriz. No manifesto conjunto, eles oficializaram suas queixas.

Anitta, Bruno Gagliasso, Maite Proença e mais artistas disseram não ser representados por Regina Duarte como secretária da Cultura (Foto: Reprodução/ Instagram/ CNN)

Confira o manifesto na íntegra:

“Brasil, 08 de maio de 2020 Somos artistas brasileiros e fazemos parte da maioria de cidadãs e cidadãos que defende a democracia e apoia a independência das instituições para fazer valer a Constituição de 1988.

Fazemos parte da maioria que entende a gravidade do momento que estamos vivendo e pedimos respeito aos mortos e àqueles que lutam pela própria sobrevivência no país devastado pela pandemia e pela nefasta ineficiência do poder público.

Fazemos parte da maioria de brasileiros que não tolera os crimes cometidos por qualquer governo, que repudia a corrupção e a tortura e que não deseja a volta da Ditadura Militar.

Continua depois da Publicidade

Fazemos parte da maioria que não aceita os ataques reiterados à arte, à ciência e à imprensa, e que não admite a destruição do setor cultural ou qualquer ameaça à liberdade de expressão.

Como artistas, intelectuais e produtores culturais, formamos a maioria que repudia as palavras e as atitudes de Regina Duarte como Secretária de Cultura. Ela não nos representa”.