Fotojet (18)

Pai de Britney Spears se isenta de culpa em relatos chocantes da filha, e acusa atual tutora da cantora: “Tomou todas as decisões”; Profissional rebate

Depois que a “caixa de Pandora” foi aberta, parece que as tretas não chegam ao fim de jeito nenhum… Na última quarta-feira (23), Britney Spears falou pela primeira vez sobre seus motivos para desejar o fim de sua tutela, que controla toda sua vida pessoal e profissional, e fez relatos chocantes sobre as medidas tomadas pelo seu pai, Jamie Spears, nos últimos anos. Hoje (30), o patriarca veio a público pela segunda vez para reagir ao depoimento e, dessa vez, acusou a nova tutora da cantora, Jodi Montgomery, de ser a responsável pelos “transtornos” da filha.

Um dos momentos mais chocantes dos relatos de Britney foi quando ela afirmou que gostaria de se casar novamente e ter mais um filho, porém, estava sendo impedida de retirar o DIU contraceptivo. Montgomery, que entrou na tutela como uma espécie de “tutora provisória”, em 2019, está sendo acusada por Jamie de ser a responsável por essa interferência na vida pessoal da artista. De acordo com o TMZ, o patriarca abriu um processo se isentando de qualquer culpa nesses episódios íntimos da filha, e afirmou que foi “impedido de se comunicar com Britney”.

“A Sra. Montgomery está totalmente encarregada dos cuidados pessoais diários e do tratamento médico da Sra. Spears, e a Sra. Montgomery tomou todas as decisões relacionadas a esses assuntos”, diz o processo ao qual o TMZ teve acesso. Jamie ainda cita que foi a favor de que a filha se casasse com Jason Trawick, em 2011, mas o relacionamento chegou ao fim dois anos depois. O pai da estrela também culpou o advogado da herdeira, Sam Ingham, como responsável por tentar tirar o direito de sua cliente de tomar decisões médicas em seu nome e colocar essas decisões apenas nas mãos de Montgomery.

Continua depois da Publicidade

Jodi Montgomery rebate acusações

A advogada da tutora, LaurieAnn Wright, emitiu um comunicado para o Page Six refutando todas as alegações feitas por Jamie Spears. “A escolha de Britney de se casar e começar uma família [nunca] foi afetada pela tutela, enquanto a Sra. Montgomery foi a tutora da pessoa. Posso afirmar inequivocamente que Jodi Montgomery tem sido uma defensora incansável de Britney e de seu bem-estar. Embora ela não controle os ativos financeiros de Britney, ela é responsável por seus cuidados pessoais, e se Britney quiser que qualquer questão seja levada ao Tribunal, a Sra. Montgomery está e sempre esteve pronta, disposta e capaz de fazê-lo“, escreveu.

5fa609 67f661c64099414b9fe36a10f6d003ea Mv2
Jodi Montgomery foi nomeada como tutora após problemas de saúde enfrentados por Britney Spears. Foto: Reprodução.

LaurieAnn lembrou ainda que Jodi Montgomery desempenha as funções de tutora sob os regimentos das leis norte-americanas, e precisa obedecer a um Código de Ética, ao contrário dos membros da família Spears – que vêm tomando as decisões que bem entendem. A advogada observou que o “direito de casar” e o “planejamento familiar” de Britney “não são afetados” pela tutela sob o Código de Sucessões.

O comunicado também diz que Montgomery tenta auxiliar a cantora a conseguir realizar seu grande desejo de colocar um fim na tutela de vez. “Desde o início de sua nomeação em setembro de 2019, a Sra. Montgomery e a equipe médica que ela montou tinham um objetivo principal – ajudar e encorajar Britney em seu caminho para não precisar mais da tutela da pessoa”, explicou. Outro ponto importante do texto é que os honorários de Jodi foram aprovados por Jamie Spears e a instituição financeira Bessemer Trust, que cuidam das finanças da artista.

Continua depois da Publicidade

“Em termos práticos, como tudo custa dinheiro, nenhuma despesa pode acontecer sem passar pela aprovação de Spears. Montgomery defendeu em nome de Britney quaisquer despesas que a própria cantora tenha solicitado, bem como despesas recomendadas pela equipe médica dela”, argumentou.

Britney Spears E O Pai Jamie Spears 1624554558099 V2 450x337
Jamie Spears se isentou de culpa nas acusações feitas pela filha, e acusou nova tutora. Foto: Reprodução

No depoimento da semana passada, Britney comentou que Jodi Montgomery “às vezes foi longe demais”. A advogada argumentou que tudo se tratava de questões que se tornaram um problema por causa de limitações impostas durante a pandemia do coronavírus. “Britney é uma pessoa que corre um risco acrescido de doenças graves devido a doenças preexistentes. Um epidemiologista renomado foi trazido para a equipe médica e o conselho desse médico foi seguido para garantir a segurança de Britney da exposição ao vírus em todos os momentos”, finalizou.

Britney expõe horrores que sofreu por conta da tutela

A voz de Britney Spears finalmente foi ouvida. No dia 23 de junho, a cantora deu um depoimento de quebrar o coração na audiência sobre o fim de sua tutela, controlada pelo pai, Jamie Spears. Através de uma chamada de vídeo, Britney relatou como foi tratada ao longo dos últimos anos, comparando a si mesma com uma vítima de tráfico sexual. A diva pop assumiu que não está feliz e falou, com todas as palavras, que quer que o pai deixe de controlar a sua vida.

Continua depois da Publicidade

O controle atinge níveis assustadores desde qual deveria ser a cor do armário da cozinha da casa da estrela até à proibição de uma gravidez. Segundo Spears, ela não pôde realizar seu sonho de se casar com Sam Asghari e ter mais filhos durante a tutela, porque sua “equipe” a obrigou a implantar um método anticoncepcional. “Eu tenho um DIU dentro de mim para que eu não fique grávida, e não posso ir ao médico retirá-lo. Minha equipe não quer que eu tenha mais crianças”, revelou a artista.

Gettyimages 1163709600
Por conta da tutela, Britney Spears foi obrigada a implantar um método anticoncepcional e impedida de aumentar sua família com o amado, Sam Asghari. (Foto: Getty)

Britney contou à Corte que foi forçada a trabalhar, comparando tudo o que viveu com um caso de tráfico sexual. “Na Califórnia, a única coisa parecida com isso é chamada de tráfico sexual, fazer alguém trabalhar contra sua vontade, retirar todos os seus bens, cartão de crédito, dinheiro, telefone, passaporte”, acrescentou.

Continua depois da Publicidade

A cantora fez questão de afirmar com todas as letras o tanto que deseja o fim da tutela o quanto antes, e explicou como se sente com todas as interferências em sua vida. “Eu não estou feliz, eu não consigo dormir, estou deprimida, eu choro todos os dias”, lamentou Britney. “Quero acabar com a tutela sem ser avaliada [psicologicamente]. Eu quero fazer uma petição para acabar com a tutela. Só quero minha vida de volta, já se passaram 13 anos e é o suficiente. É o suficiente e não faz sentido algum… Estou farta“, insistiu.

A estrela também foi bem incisiva, mencionando que os envolvidos na tutela deveriam responder criminalmente pelo que fizeram com ela – incluindo Jamie Spears. “Meu pai e qualquer um envolvido nessa tutela, incluindo meu gestor… eles precisam ir para a cadeia”, disparou.

Durante a audiência, ela ainda expôs a obsessão e prazer que seu pai tinha em controlar sua vida, mencionando abusos que sofreu ao longo dos últimos tempos. Brit se mostrou traumatizada por tudo que viveu, admitiu que está muito triste e com raiva, revelou que é medicada há oito anos e, por diversas vezes, clamou que a deixassem livre da tutela.

Ouça aos áudios, entenda como funciona a tutela, e saiba todos os detalhes do chocante depoimento da cantora, clicando aqui.