Pamela Anderson faz desabafo após terminar relacionamento com jogador de futebol e o acusa de traição e abuso: “Vivi uma grande mentira”

Nesta terça-feira (25), a atriz Pamela Anderson publicou uma mensagem extensa em que anuncia a separação do namorado, o jogador de futebol francês Adil Rami, e o acusa de traí-la e abusá-la psicologicamente e fisicamente. A estrela ainda confessou que tinha medo do ex-companheiro, e que contratara um segurança para lhe proteger.

Em um texto no Instagram, acompanhado de uma foto em preto e branco dos dois juntos, Pamela o chamou de “monstro”, “sociopata” e “narcisista”. “É difícil de aceitar que os últimos dois anos da minha vida foram uma grande mentira”, começou a atriz. E acrescentou: “Fui levada a acreditar que nós estávamos apaixonados? Eu estou devastada em descobrir nos últimos dias que ele estava vivendo uma vida dupla”. Pamela deu a entender que Rami possui outra família, e escreveu que o ex-namorado tirava sarro de outros jogadores que tinham amantes em apartamentos perto de seus lares com as esposas. “Como é possível controlar o coração e mente de duas mulheres desse jeito? Tenho certeza que houve outras”, afirmou.

A estrela norte-americana, que ficou muito conhecida pelo seriado “S.O.S. Malibu”, chamou atenção para o fato de que apoia publicamente a Linha Nacional para Violência Doméstica, e mesmo assim acabou passando pelo mesmo problema. “Como eu posso ter ajudado tantas pessoas e não ser sábia o suficiente ou capaz de me ajudar. Me sinto usada, traída e machucada. Mas eu deveria saber melhor. O ciúme. A tortura física e emocional. Era tudo um espelho das próprias ações dele”, disse. Pamela ainda argumentou que Rami “não deveria ser o garoto-propaganda para proteger mulheres de violência doméstica, ou para proteger mulheres”, eque ele só havia feito isso para melhorar a própria imagem. No Instagram de Rami, há muitas campanhas contra a violência doméstica, da Federação Nacional de Solidariedade às Mulheres da França.

View this post on Instagram

#3919 @solidaritefemmes

A post shared by Adil Rami (@adilrami) on

A atriz deu mais detalhes sobre o assunto, dizendo que seu ex-namorado não confiava nela durante o relacionamento e constantemente perguntava onde ela estava e com quem: “Aprendi a aceitar que isso era normal”. Também acrescentou que ele a afastou de vários amigos antigos, como o fotógrafo David LaChapelle, que a avisou desde o início do relacionamento que Rami não era confiável. “Ele cortou os meus amigos ‘malucos’ um por um da minha vida”, disse Pamela.

View this post on Instagram

#barbenoire #black #selfie 📱📸🤙🏽

A post shared by Adil Rami (@adilrami) on

Depois que ela descobriu sobre a traição, foi para um hotel. Rami tentou contatá-la diversas vezes e até apareceu onde ela estava hospedada. Por isso, Pamela contratou um guarda-costas: “Ele me assusta. Ele me machucou e me ameaçou diversas vezes”. Anteriormente, a atriz já tentara deixá-lo “10 vezes”, mas o ex-parceiro dizia que morreria sem ela. A partir de agora, Pamela garantiu que irá se proteger. “Eu sempre lutei pela verdade e pela justiça. Este é o meu pior pesadelo”, disse, acrescentando que não se recuperará facilmente da situação. “Ele decepcionou a todos. Minha família. Meus filhos. Meus amigos”, concluiu.

Continua depois da Publicidade

Além de tudo Pamela disse que sua palavra final seria no Instagram, pois Rami havia lhe avisado que todos os jornais na França eram amigos dele e de suas irmãs. “Eles controlam tudo”, avisou a intérprete de C.J. Parker. Veja o post na íntegra abaixo:

Gente, que situação! Desejamos que tudo seja resolvido da melhor maneira possível…