Presidente da Ucrânia elogia beleza de Tom Cruise em encontro com o astro, que tem a melhor reação! Veja o vídeo hilário

Sensato! Na tarde de ontem (01), o astro Tom Cruise separou um tempinho em sua atarefada agenda para participar de uma reunião com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, em Kiev. O momento foi registrado pela própria equipe do líder ucraniano e já está rodando por diversos canais do YouTube, devido a um certo comentário feito durante a conversa…

Assim que entrou no gabinete presidencial, vemos Tom se dirigindo a Volodymyr que, em meio aos apertos de mão, não hesitou em dizer: “Você é bonitão! Assim como nos filmes”. Kkkk Ficou impactado com a beleza de Tom ou será que ele é apenas muito fã do ator? Sabemos que, antes de ser eleito, Zelensky era comediante e também atuava!

Mantendo o bom-humor, Cruise respondeu, tirando risadinhas do pessoal ali presente: “Isso paga o meu aluguel!”. O motivo do encontro foi divulgado em um comunicado oficial do governo ucraniano, revelando que Cruise tem interesse em filmar um de seus próximos projetos no país. “Missão Impossível e os Bonitões Ucranianos”, é você?

Recentemente, foi aprovada uma lei na Ucrânia que concede subsídios a cineastas estrangeiros que queiram rodar seus filmes no país. Tomzinho não é bobo nem nada, minha gente! Já vai aproveitar a deixa… Podemos ouvir o galã hollywoodiano dizendo que está “muito animado” para que a parceria dê certo. Assista ao momento do encontro abaixo:

O papo fluiu e ainda rendeu discussões mais sérias. De acordo com a CNN, Volodymyr detalhou o processo de Minsk para Cruise, referindo-se a um acordo assinado em 2015, pedindo o cessar-fogo no conflito entre a Rússia e a Ucrânia. O documento também demandava pela retirada de armas pesadas da região, mas foi repetidamente violado.

Nos últimos dias, Zelensky se viu no centro das atenções internacionais depois do vazamento de uma conversa telefônica com Donald Trump, que provocou uma denúncia de delito, levando a uma investigação de impeachment contra o presidente norte-americano.

Uma transcrição grosseira da ligação feita no dia de 25 de julho, divulgada pela Casa Branca, revelava que Trump pressionou Zelensky repetidamente para investigar o ex-vice-presidente Joe Biden e seu filho Hunter, que serviu no conselho de uma empresa ucraniana de gás natural.