Livro revela qual seria o principal motivo da briga entre príncipes William e Harry; saiba os detalhes!

Nem Cristina Rocha daria conta das tretas no “Casos de Família” com a realeza britânica… Nesta terça-feira (30), o The Daily Mail revelou que o principal motivo da briga entre os príncipes William e Harry teria sido os “gastos excessivos” do caçula após o casamento com Meghan Markle.

A publicação teve acesso ao livro “Royals At War (Realeza em Guerra)”, dos jornalistas Dylan Howard e Andy Tillett, que detalha os bastidores do distanciamento entre os monarcas. Na obra, a dupla conversou com diversas fontes ligadas à família real, e descobriu que o fator decisivo para o descontentamento de William com Harry foi a questão financeira.

O primeiro incômodo do sucessor ao trono real aconteceu quando Harry decidiu se mudar do Palácio de Kensington, onde morava com o irmão e a cunhada Kate Middleton, para Frogmore Cottage, nos jardins do Castelo de Windsor. As reformas do novo lar do rapaz com a esposa Meghan Markle custaram US$ 2,4 milhões (R$ 13,1 milhões) aos cofres públicos. Vale ressaltar que, ao deixar o cargo sênior na monarquia, o duque de Sussex revelou que devolveria essa quantia ao povo britânico.

A última vez que os irmãos se encontraram publicamente aconteceu em março durante um dos últimos eventos oficiais de Harry e Meghan Markle. Foto: Getty

O primogênito teria alertado Harry que os gastos não seriam vistos com bons olhos pelas pessoas, incluindo a rainha Elizabeth II, que supostamente se mostrou “particularmente infeliz” com a ostentação do neto. Mas a “gota d’água” seria os mimos luxuosos que Meghan Markle e seu amado usufruíram. A obra relatou que a atriz gastou £6 mil, cerca de R$ 40 mil reais na cotação atual, com diversas sessões de acupuntura.

A lista ainda inclui o valor de £33 mil (R$ 220 mil) com uma hospedagem do casal em um resort de luxo na Inglaterra, e mais de £478 mil (R$ 3,2 milhões) com o enxoval do filho Archie, incluindo os looks de Meghan. Por fim, ainda tem a polêmica com as viagens usando aviões particulares. Neste caso, Harry chegou a se defender publicamente. “Ocasionalmente, é preciso haver uma oportunidade [de voar com esses aviões] com base em uma circunstância única para garantir que minha família esteja segura”, explicou.

“Royals At War” promete contar a “história não contada” da saída de Harry e Meghan Markle dos seus cargos seniores na realeza. Foto: Reprodução

A briga de William e Harry tem sido alvo da mídia e muitos escritores especializados na monarquia britânica. O livro “Battle of Brothers: William and Harry — The Friendship and the Feuds (Batalha de Irmãos: William e Harry – A Amizade e as Rixas)”, escrito por Robert Lacey, prometeu revelar a história complicada dos herdeiros cronologicamente.

Segundo a obra, os dois irmãos começaram a se distanciar em 1992, quando os pais anunciaram o divórcio. “Com um conhecimento incomparável da vida na realeza e acesso a fontes impecáveis, Robert Lacey investiga a realidade não contada do relacionamento dos irmãos, explicando o que aconteceu quando dois filhos foram criados para futuros muito diferentes e mostrando como as sementes do dano foram plantadas quando seus pais desfizeram o casamento”, diz a sinopse.