Meghan e Harry ameaçam jornais com processo após duquesa ser fotografada por paparazzi no Canadá, e fazem menção indireta à Diana em carta; entenda!

Meghan Markle e príncipe Harry mostraram que não estão para brincadeira quando se trata de invasão de privacidade: de acordo com o TMZ, o casal já está pronto para processar fotógrafos por conta das imagens feitas da duquesa e de seu filho, Archie, enquanto passeavam no Canadá. Nesta terça (21), advogados de Harry e Meghan ameaçaram tomar medidas legais contra veículos de imprensa britânicos, caso estes decidam publicar ou comprar fotos da ex-estrela de Suits, de seu filho Archie e de seus dois cachorros durante uma caminhada em Vancouver.

A carta enviada aos jornais afirma que definitivamente haverá um processo judicial, já que as fotos foram, de fato, publicadas na segunda-feira — e permanecem em sites e portais até hoje. “Há sérias preocupações relacionadas à segurança sobre como os paparazzi estão dirigindo e o risco à vida que eles oferecem”, disse a nota, em uma clara referência à morte trágica de Diana em Paris.

O duque e a duquesa de Sussex revelaram que o fotógrafo que tirou as fotos estava escondido atrás de arbustos e espionando Meghan. Também disseram que os fotógrafos montaram acampamento, armados de lentes poderosas, fora da residência do casal em Vancouver.

(Foto: Getty)
Harry e Meghan dão muita importância para sua privacidade desde o início do relacionamento, e chegaram a entrar na justiça contra tabloides britânicos no ano passado, alegando mal uso de informações privadas. Na Inglaterra, leis de privacidade bastante restritivas protegem até a realeza de ser fotografada em público quando não estão fazendo aparições oficiais. 

Segundo o TMZ, apesar da lei canadense não oferecer as mesmas restrições que a britânica, tirar fotos com lentes teleobjetivas em lugares onde Meghan tinha expectativas de privacidade, pode servir como base para processar. Meghan e Archie estavam em um parque público no momento em que as imagens foram feitas, mas isto não significa, necessariamente, que qualquer foto dela é permitida.

Fica a dúvida: este tipo de caso será comum agora que Meghan e Harry planejam passar mais tempo no país?