Fotojet (45)

Príncipe William abre o coração sobre momento em que descobriu morte de Diana, e revela o que o confortou nos “dias sombrios” que se seguiram

Abriu o coração! Na última semana, a estreia do documentário “The Me You Can’t See” trouxe à tona a experiência traumática de Harry após a morte da mãe, a princesa Diana. Coincidentemente ou não, no sábado (22), seu irmão William também dividiu como foi enfrentar a partida precoce e trágica da matriarca. Durante um discurso na Assembleia Geral da Igreja da Escócia, o duque de Cambridge explicou por qual motivo a Escócia tem um valor sentimental tão grande em sua vida junto desse episódio triste de sua trajetória.

“A Escócia é incrivelmente importante para mim e sempre terá um lugar especial no meu coração. Venho para a Escócia desde que era pequeno. À medida que cresci, vi como minha avó aprecia cada minuto que passa aqui. E meu pai nunca fica mais feliz do que quando caminha entre as colinas. A Escócia é a fonte de algumas das minhas memórias mais felizes. Mas também, as minhas mais tristes”, começou o príncipe.

Diana morreu em 1997, após um acidente de carro dentro de um túnel em Paris, enquanto fugia dos paparazzi. William, com apenas 15 anos, estava em um dos castelos da família real no país. “Eu estava em Balmoral quando me disseram que minha mãe havia morrido. Ainda em estado de choque, encontrei refúgio no culto em Crathie Kirk naquela mesma manhã. E nos dias sombrios de tristeza que se seguiram, encontrei conforto e consolo ao ar livre escocês. Como resultado, a conexão que sinto com a Escócia será profunda para sempre”, revelou.

Rtxhan6 741x486
William tinha apenas 15 anos quando Diana morreu. Foto: Reprodução

Continua depois da Publicidade

Felizmente, dias melhores e inesquecíveis chegaram para William. “E, no entanto, ao lado desta dolorosa lembrança, existe uma de grande alegria. Porque foi aqui na Escócia, há 20 anos, que conheci Catherine”, contou William, citando o nome de batismo da esposa, Kate Middleton. “Nem é preciso dizer que a cidade onde você encontra sua futura esposa ocupa um lugar muito especial em seu coração”, brincou o duque de Cambridge.