Sabrina

Sabrina Sato participou de show de pompoarismo na Tailândia, e história teve desfecho hilário com susto com pênis e tambor; assista

Mas gente! Isso sim que eu chamo de uma aventura internacional! kkkkk Sabrina Sato participou do “Que História É Essa, Porchat?” desta terça-feira (12), e compartilhou uma história hilária que viveu na Tailândia, país asiático. A apresentadora, curiosa para conhecer novas culturas, acabou participando de um ‘ping pong show’, em que mulheres e homens arremessam objetos apenas com a força de seus órgãos genitais.

Sabrina contou que já havia entrado em contato com a prática durante um passeio em Amsterdã, na Holanda. A atriz, principal, inclusive, era brasileira e reconheceu a celebridade. “A mulher estava cortando uma banana com a ‘pepeca’… Eu sentei na segunda fileira, porque na primeira achei demais, poderia espirrar alguma coisa na minha cara“, relembrou.

A gente estava assistindo, a atriz desceu e foi buscar um voluntário pra comer a banana. Ela olhou pra mim e falou: ‘Sabrina Sato?’. Eu falei: ‘Não, sou a Dani Suzuki’. Como falávamos português, consegui falar que eu estava de boa, agradeci o convite“, brincou Sato.

Continua depois da Publicidade

Porém, quando estava viajando pelo país da Ásia, Sabrina não conseguiu escapar. “Convenci meus amigos a assistir porque pensei: ‘Não é possível que essas mulheres façam isso se eu não consigo nem segurar um xixi’. Elas soltam dardos, fumam pela vagina, eu tinha que ver de perto… É um show de entretenimento“, afirmou ela.

Para assistir ao show, a apresentadora caprichou no visual, com um salto bem alto e um shorts curtinho. Fábio Porchat, que também já viu a atração, explicou que uma das moças segura um bexiga com as mãos, enquanto a outra atira um dardo com a vagina e acerta o objeto. As mulheres fazem ainda um ping pong, em que as bolinhas são jogadas com o órgão sexual feminino. Socorro! kkkk

De repente, eu estou assistindo, um rapaz começou a metralhar bolinhas na gente. Com o c*. Eu comecei a fazer tanto escândalo nessa hora que a mulher do palco me puxou. Eu subi e fiquei parada. Aí, comecei a ouvir o barulho de uns tambores. Eu comecei a me empolgar, sou do samba, rainha de bateria… quando eu olhei pro lado, tinha um monte de tailandês com uns ‘batucões’ gigantes, batendo nos negócios“, revelou ela, explicando que os rapazes estavam tocando os instrumentos com seus pênis.

Continua depois da Publicidade

Deus faz coisas pequenas com instrumentos gigantes! E eu continuei sambando… Eram pênis eretos, pareciam tochas. Eu tentei fingir naturalidade e continuei sambando, então o povo que estava assistindo pensou que eu fazia parte do show. Teve uma hora que eles me fizeram bater lá no tambor“, disparou Sato, arrancando risada dos convidados Bárbara Paz e Paulo Miklos. Assista: