Sam Smith se declara não-binário e adota uso de pronome neutro: ‘Após uma vida inteira em guerra com meu gênero’

Maravilhoso! Com o passar nos anos, Sam Smith vem se sentindo cada vez mais confortável para expor a sua verdadeira essência para o grande público. Após se expressar através da dança no clipe de “How Do You Sleep”, ele fez um post no Instagram durante essa manhã (13), anunciando algo bem importante…

A partir de agora, Sam declarou que não vai mais ser tratado por pronomes femininos ou masculinos. Em uma longa mensagem, ele explicou que vai adotar os termos “They” e “Them”, que se referem à terceira pessoa do plural e em inglês são pronomes totalmente neutros. Em português ainda não existem termos oficiais para nos referirmos às pessoas não-binárias, mas podemos ver em alguns lugares na internet, o uso da letra “x”, no lugar das determinantes “a”, “o” e “e”.

Em sua publicação, Smith abriu o coração. “Hoje é um bom dia, então aqui vai. Eu decidi que vou mudar meus pronomes para they/them. Após uma vida inteira em guerra com meu gênero, decidi abraçar quem eu sou, por dentro e por fora. Estou muito animado e me sinto privilegiado de estar rodeado de pessoas que me apoiam nesta decisão, mas estava bem nervoso em anunciar isso porque me importo demais com o que as pessoas vão pensar“, confessou.

View this post on Instagram

Today is a good day so here goes. I’ve decided I am changing my pronouns to THEY/THEM ❤ after a lifetime of being at war with my gender I’ve decided to embrace myself for who I am, inside and out. I’m so excited and privileged to be surrounded by people that support me in this decision but I’ve been very nervous about announcing this because I care too much about what people think but fuck it! I understand there will be many mistakes and mis gendering but all I ask is you please please try. I hope you can see me like I see myself now. Thank you. P.s. I am at no stage just yet to eloquently speak at length about what it means to be non binary but I can’t wait for the day that I am. So for now I just want to be VISIBLE and open. If you have questions and are wondering what this all means I’ll try my best to explain but I have also tagged below the human beings who are fighting the good fight everyday. These are activists and leaders of the non binary/trans community that have helped me and given me so much clarity and understanding. @tomglitter @munroebergdorf @transnormativity @alokvmenon @katemoross @glamrou @travisalabanza @twyrent @chellaman @jvn @lavernecox @stonewalluk @glaad @humanrightscampaign @mermaidsgender Love you all. I’m scared shitless, but feeling super free right now. Be kind x

A post shared by Sam Smith (@samsmith) on

Como o assunto ainda é algo muito “novo”, ele foi compreensivo e se mostrou paciente com o público. “Eu compreendo que ocorrerão vários enganos em relação a gêneros, mas tudo o que peço é que por favor, tentem. Espero que vocês me vejam como sou agora”, almejou.

Por fim, a voz de “Dancing With a Stranger” apontou que também não é expert no assunto. “Ainda não estou em um estágio no qual possa falar eloquentemente sobre o que ser não-binário significa, mas mal posso esperar por esse dia. Por enquanto, só quero ser visível e abertx. Se vocês tem dúvidas ou estão se perguntando o que isso quer dizer, tentarei meu melhor para explicar”, concluiu, agradecendo e marcando em seguida, amigos e ativistas que estão lhe ajudando nessa nova jornada.

Entenda o caso:

Ainda em março, na estreia do programa “I Weigh Interviews”, da atriz Jameela Jamil no Instagram, Sam abordou temas delicados de sua vida pessoal, como sua questão com o próprio peso e sua não-binaridade de gênero. De acordo com o dono de “Stay With Me”, às vezes, ele pensa até na possibilidade de uma cirurgia de redesignação sexual.

Eu sempre tive uma guerra com meu corpo e na minha mente [sobre como me definir]… Eu penso como uma mulher na minha cabeça, às vezes. Eu às vezes sentei e questionei, eu quero uma mudança de sexo? É algo que eu ainda penso, mas não acho que seja o caso”, ponderou. “O genderqueer não-binário significa que você não se identifica em um gênero. Você é apenas você! Você é sua própria criação especial. É assim que eu me vejo. Eu não sou homem nem mulher. Eu acho que flutuo em algum lugar no meio – um pouco no espectro”, explicou, traçando em seguida um paralelo com a orientação sexual.

Eu estive com muitos homens heterossexuais para saber que nem todos que dizem que são heterossexuais são totalmente heterossexuais. Às vezes você pode gostar de fazer um pouco disso aqui e um pouco disso. Você se apaixona por pessoas, não por genitais. Eu sempre fui muito livre em termos de pensar sobre sexualidade. Eu tentei mudar isso em meus pensamentos sobre gênero. Talvez eu não seja homem. Talvez eu não seja mulher. Talvez eu seja só eu. E tudo bem“, concluiu Smith a Jameela.