Selena Gomez relembra quando cobertura midiática de sua vida ‘saiu do controle’: ‘Nada disso é verdade’

Selena Gomez é capa da nova edição da revista Interview e, em uma entrevista para Amy Schumer, publicada nesta segunda-feira (13), a cantora falou sobre sua carreira, seu propósito de vida e sobre a tentativa de mudar a imagem que a mídia criou sobre ela, sendo mais aberta sobre sua vida pessoal.

“Você não pode tossir sem que isso vire notícia”, pontuou a comediante logo no começo do bate-papo. “A parte triste é que eu não me recordo de uma época que não era assim. O que me mantém bem é que eu sei que eventualmente vai ser com outra pessoa – e eu não digo isso de forma negativa”, garantiu ela, explicando que, apesar do lado difícil, a exposição também trouxe benefícios.

“Às vezes foi ruim para a minha carreira, mas outras foi, tipo, ‘agora eu posso falar sobre coisas como a minha depressão e a minha ansiedade, coisas pelas quais eu passei e sou totalmente aberta, porque eu acredito em procurar ajuda’. Mas, além disso, o que me mantém pé no chão é que eu faço meu melhor para evitar isso. Não é como eu quero viver minha vida”, declarou a cantora.

Selena explicou que foi a ‘falsa’ imagem dela criada pela mídia que a motivou a ser mais aberta sobre sua vida pessoal. “Minha intenção nunca foi virar um tabloide. Então, quando as coisas meio que aconteceram dessa forma, saiu do controle. E, então, eu fiquei tipo: ‘Pera, nada disso é verdade'”, relembrou a estrela.

“O jeito que a mídia tentou explicar as coisas algumas vezes fez elas soarem realmente ruins, quando na realidade não há nada de errado com o fato de que eu precisava me afastar ou que eu me apaixonei. Eu tive que começar a me abrir porque as pessoas estavam tirando a minha narrativa de mim e isso estava me matando. Eu sou tão nova e vou continuar mudando e ninguém tem o direito de me dizer como a minha vida está indo”, afirmou ela, decidida. Certíssima, né?

Apesar dos momentos difíceis pelos quais passou, de uma relação e um término muito público como o com Justin Bieber, a um transplante de rim, Gomez garantiu que as pessoas não precisam se preocupar com ela. “Por causa desses momentos, gostasse eu ou não, uma imagem foi pintada da minha vida. Isso foi amedrontador porque eu não queria que [minha vida pessoal] afetasse minha carreira”, desabafou.

“Saiu de controle quando eu era mais nova. Acho que mostrou às pessoas que eu era fraca em certos momentos e que eu tinha problemas. Algumas pessoas se safam construindo pessoas e depois tentando diminuí-las”, lamentou a atriz, dando mais detalhes do que quis dizer, na sequência. “As pessoas se preocupam comigo porque eu já tive problemas no passado. E é uma gentileza. Mas eu estou bem. Eu lido com o que eu tenho que lidar e se eu sinto que estou tendo uma semana ruim ou se não quero fazer alguma coisa, eu não faço”, afirmou.

Por fim, Selena respondeu se acreditava que seu “chamado” na vida era ajudar outras pessoas. “Eu não sei se isso era pra ser o meu papel, mas eu amo pessoas. Eu me importo muito. Eu passei por muitos problemas médicos e eu sei que eu posso alcançar pessoas que estão passando por coisas igualmente assustadoras, seja um transplante de órgão, ou fazer diálise ou ter que se afastar para um tratamento”, descreveu ela.

“Uma grande parte do porquê eu ter uma plataforma é ajudar as pessoas. É por isso que eu acho que estou okay com a magnitude. Quer dizer, não estou realmente okay com isso, mas eu vou dizer que sim porque vale a pena. Eu sei que estou fazendo alguém, em algum lugar, se sentir bem, ou se sentir entendido ou ouvido, e isso vale a pena para mim“, afirmou. Fofa!