Será? Fãs suspeitam que Miley Cyrus mandou shade para o ex-marido Liam Hemsworth em “Don’t Call Me Angel”; saiba os detalhes!

Após o lançamento maravilhoso do clipe de “Don’t Call Me Angel”, nova parceria entre Ariana Grande, Lana Del Rey e Miley Cyrus, alguns fãs da nossa eterna Hannah Montana acham que ela jogou um “shade subliminar” no ex-marido, Liam Hemsworth, através do vídeo.

Em um de seus versos na música, logo no início, Miley canta: “Não me chame de anjo quando eu estou uma bagunça / Não me chame de anjo quando eu me dispo / Você sabe que eu não gosto disso, garoto”. E acrescenta: “Preciso dizer de novo? Melhor você parar com a conversa fiada e ficar com a sua linda boca fechada”. 

Horas após o lançamento do single, o Twitter já estava cheio de teorias dos fãs de Miley, que garantem que a letra tem a ver com a separação recente da cantora. Um admirador atento dela reparou que, uma vez, o astro de “Jogos Vorazes” chamou Miley de “meu doce anjinho” em uma legenda do Instagram. “Liam Hemsworth costumava chamar Miley Cyrus de ‘anjinho’. OMG”, escreveu.

Outro usuário do Twitter achou um vídeo de janeiro, no qual Liam agradecia a esposa em um discurso, dizendo: “Obrigado a minha linda esposa. Você é um doce, doce anjo. Eu te amo. Você é maravilhosa”. Fãs também notaram que, em um ponto do vídeo, Miley está em um ringue de boxe com um homem — que, segundo eles, tem semelhanças físicas ao ex da cantora. “Por um segundo, achei que Miley estava batendo no Liam”, alguém tuitou.

No entanto, vale lembrar que “Don’t Call Me Angel” é o tema de “As Panteras” — “Charlie’s Angels”, em inglês —, e a colaboração das estrelas foi anunciada meses atrás, antes de Miley revelar o término de seu casamento. Assim, a música e o visual do clipe podem ser apenas uma coincidência.

No dia 10 de agosto, um representante da estrela confirmou à People que Miley e Liam, que se casaram em dezembro de 2018, tinham se separado. Semanas depois, o ator entrou com o pedido de divórcio, citando diferenças irreconciliáveis.

Foto: Reprodução/YouTube

Após o término, Miley passou a ser vista com a digital influencer Kaitlynn Carter. Uma fonte revelou à revista que o relacionamento das duas está cada vez mais sério. “Miley e Kaitlynn estão em Nova York juntas essa semana. As coisas estão ótimas entre elas. Miley continua muito feliz. O relacionamento com Kaitlynn parece firme”, garantiu. E acrescentou: “Miley também está animada em relação a lançar música nova. As coisas estão indo muito bem para ela”. 

Enquanto isso, Liam tem passado seu tempo com a família e amigos na Austrália. “Ele parece muito feliz. Ele está cercado por família e amigos. Ele é muito ativo, está surfando e viajando pelo país”, disse um informante.

Essa não é a primeira vez que os fãs suspeitam que Miley está falando sobre seu relacionamento com o ex em uma música. No mês passado, a estrela lançou o single “Slide Away”, que diz: “Uma vez, era o paraíso, era uma vez, eu estava paralisada / Eu acho que vou sentir falta dessas luzes do porto / Mas é hora de deixar ir embora… Eu quero a minha casa nas colinas / Não quero o whisky e as pílulas / Eu não me dou por vencida fácil, mas eu não acho que topo isso”. De acordo com a People, que entrou em contato com muitas fontes, o casal brigou por causa do ponto de vista pouco convencional de Miley sobre casamento, e as baladas em excesso de Liam. Apesar da letra da música sobre o término do relacionamento, um informante disse à revista que Miley “não estava tentando machucar” o marido. “A música dela foi o seu modo de contar seu lado da história, sem precisar dizer nada. Ela não está tentando falar mal dele, mas ela quer poder dividir o que está passando na vida”, revelou.

E aí… você acha que a parte de Miley em “Don’t Call Me Angel” também é sobre Liam?