Simaria e Vicente

Simaria perde apartamento de luxo na Espanha em briga judicial com ex-marido; saiba detalhes

Apesar de já divorciado, o ex-casal segue na batalha pela divisão de bens

Vixe! A briga judicial entre Simaria e o ex-marido, o espanhol Vicente Escrig, ganhou um novo capítulo nesta semana. Segundo a colunista Fábia Oliveira, a Justiça local determinou que o imóvel que eles mantém na Espanha fique com o marido. E não parou por aí, viu?! De acordo com as informações, Vicente pretende continuar na luta pelos outros bens da sertaneja, inclusive os que estão no Brasil.

Apesar de já separado oficialmente desde meados do ano passado, o homem teria se irritado com as declarações que Simaria tem dado a seu respeito para pessoas próximas e também em entrevistas.

O apartamento em questão está localizado em Valência, em frente à Praça de Touros, tradicional ponto turístico do país. “Comprei um imóvel lá. Tenho um apartamento na Espanha, que é um apartamento de princesa, de rainha. Quando eu estou triste, vou para lá para ficar feliz. É numa cidade chamada Valência, em frente à Praça de Touros, que é onde acontecem aqueles eventos das touradas, e em frente à estação de trem. Meu apartamento tem vista 360º”, contou a cantora. A última vez em que esteve lá, segundo ela, foi quando decidiu se separar do então marido.

Continua depois da Publicidade

Vicente apresentou documentos às autoridades pedindo a divisão de bens, que incluem imóveis, veículos e milhões de reais. No processo, enquanto a cantora declarou que Escrig teria se recusado a deixar sua casa e a violentaria psicologicamente, ele alegou que não deixou o imóvel porque era o responsável por tomar conta dos filhos do casal e, além disso, teria deixado o emprego para ficar com os pequenos.

Simaria
Simaria e Vicente Escrig ficaram juntos por 14 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

Recentemente, em entrevista ao colunista Léo Dias, do Metrópoles, Simaria contou o que motivou a separação. “Perdi a admiração! As nossas vidas eram diferentes demais. Eu falei: ‘Minha vida está uma bagunça, eu estou fazendo tudo em casa’. Ele, ao invés de fazer essa parte da casa, não me ajudava, era eu que fazia tudo. Chegou uma hora que eu falei: ‘Que que esse cara está fazendo aqui?’. E comecei a observar. Eu passei 10 meses só olhando e já tinha morrido o amor, tudo que eu sentia.”, desabafou.

“Eu saía e ficava olhando os gestos, as atitudes e falei: ‘Não é isso que eu quero mais pra mim’. A gente viajou e eu voltei decidida a não querê-lo mais. Aí ele me chamou pra jantar no dia dos namorados [há um ano]. Sabe quando você senta numa mesa e não reconhece a pessoa que está na sua frente? Eu vim do restaurante até em casa com a decisão já tomada. Ele percebeu e disse: ‘Acho que qualquer coisa que eu falar agora, não vai servir mais, né?!’. E eu: ‘Com certeza. A única certeza que eu tenho na minha vida é que eu não quero mais você’. E aí ele começou a chorar, tentou passar uns meses dentro de casa tentando me trazer de volta, mas quando eu tomo uma decisão, não volto atrás”, relembrou.

Continua depois da Publicidade

A sertaneja afirmou ainda que não teve o apoio do ex-marido em um dos momentos que mais precisou, quando estava grávida do filho mais novo do casal: “Eu já tinha me separado uma vez, quando eu fiquei grávida do Pawel, que eu estava com a primeira tuberculose. Porque eu não tinha um parceiro em casa. Foi a mesma coisa. Eu costumo dar duas chances para as pessoas, se na segunda não resolver… Foi na hora que eu mais precisei dele. Sabe um cabra sem futuro? Agora já assinamos todos os documentos [do divórcio]. Mas sempre tem dificuldade, porque um homem levar um chifre é ruim, mas ele perdoa. Agora um cabra ser deixado, nunca mais ele se recupera”.

Simaria, por fim, se mostrou radiante com a fase de solteira, mas ressaltou estar aberta a um novo amor. “Foi libertador [a separação]. Eu sempre sonhei em morar sozinha, eu me divirto muito comigo mesma. Abro a porta e tenho meu quarto só pra mim. Mas eu estou sempre pronta para o recomeço, vou sempre acreditar no amor”, concluiu.

Confira a entrevista completa: