Simaria

Simaria reclama de jeito controlador de Simone e revela o que queria da irmã em entrevista inédita: “Não precisamos ficar de duplinha até morrer”; assista

Simaria expôs os problemas que teria enfrentado ao cantar com Simone

Simaria está colocando seus sentimentos pra fora! Em entrevista exibida no “Domingo Espetacular” deste domingo (19), a cantora voltou a criticar algumas atitudes de sua irmã e dupla, Simone. Apesar de garantir que a “irmandade” é eterna, ela não escondeu os problemas que existem entre elas. A conversa foi a última gravada antes da sertaneja anunciar que daria uma pausa na carreira para cuidar da saúde.

“Somos muito diferentes, mas é sangue, é eterno, não tem como mudar isso. Às vezes ficam me controlando. ‘Cala a boca, não fala isso’. Cara, com 40 anos não vou mais me calar, entende? Vou falar o que acho que é certo. Vencemos juntas. Mas não significa que porque vencemos juntas tem que morrer como duplinha, para sempre. Mantendo o respeito, não quebrando a irmandade, não tem como dar errado. Vai dar sempre certo!”, afirmou.

Simaria, que fez 40 anos na última semana, comemorou a data com uma mega festa para 800 convidados, em São Paulo. Apesar de um presente milionário que ganhou de Simone, ela garantiu que não queria nada disso e sim algo mais “simbólico”. “Eu não queria presente de milhões, não. A única coisa que pedi foi para ela cantar uma música comigo. Não quero presente de milhões. O que queria mesmo é só que ela cante a música ‘Amiga’, uma composição que eu fiz”, disse.

Continua depois da Publicidade

A festa gigante, segundo a própria, foi um presente para si mesma, já que ela está “sempre pensando nos outros”. “A gente sempre está ajudando os outros. Dá uma casa para um tio, uma roupa para uma mãe, dinheiro, dá tudo na vida para o povo. Quando é hora de se presentear, a gente não tem coragem de dar um presente para nós mesmos. Nunca comemorei um aniversário. Meu pai morreu faltando cinco dias para eu fazer 10 anos de idade. Daquele momento em diante não tinha mais sentido”, contou.

279512379 573913270526948 6826786647178410099 N
Simone e Simaria se desentenderam mais de uma vez nos últimos meses. (Foto: Reprodução/Instagram)

“Eu ia para as reuniões da escola do meu irmão. Com 14 anos! Eu comecei cantando com Frank Aguiar primeiro, comecei a sustentar a família com 14 anos. Minha mãe fez um documento e fui cantar na estrada. Sempre fui uma mulher à frente do meu tempo. Por isso que acho que quando você chega aos 40 anos, que começa a entender quem é de verdade, o que outros falam a seu respeito… Tá tudo certo! Sabe por quê? Porque onde estou indo, eles não vão. Meu legado é fazer a diferença, é levar alegria e mudar a vida da minha família”, concluiu. Assista:

Continua depois da Publicidade

Em entrevista para o colunista Léo Dias, do Metrópoles, a cantora já havia exposto o relacionamento com a irmã e explicado a briga no “Programa do Ratinho“. “A parte do Ratinho foi meu grito de socorro. Em tudo o que vou fazer, sou recriminada pela Simone. Você tem noção do que é passar vinte e tantos anos da sua vida sendo mandada calar a boca e não ser você mesmo? Eu não tenho vergonha de falar a verdade”, reclamou.

Segundo a cantora, as diferenças entre ela e a irmã, seriam o principal combustível das brigas. A baiana ainda desabafou sobre as comparações que costuma ler e ouvir por aí sobre as duas: “Brasileiro está acostumado a dizer que o bonzinho é a vítima. Acha que não sou comparada com a Simone o tempo inteiro? ‘A Simone é incrível, a Simaria é uma desgraça’. Passei a minha vida inteira ouvindo isso. Só quem fala bem de mim é quem me conhece pessoalmente”.

Assets Fotos 903 Os Homens Dancam Funk Na Danca Dos Famosos 27ce49d72c3e
Simaria anunciou pausa na carreira para tratar a saúde. (Foto: Globo/Fábio Rocha)

“A irmandade é eterna e não tem como ninguém burlar isso, independente da fase que a gente esteja vivendo. Mas essa questão profissional, a mulher empoderada simplesmente não pode falar nada. Lembra da Hebe [Camargo], quando ela falava de política, de homossexualidade? Você tem noção do que ela sofreu naquela época? Eu não vou me calar, eu vou falar a verdade, doa a quem doer. Já existiu essa conversa do decote. Ela (Simone) é da igreja, eu gosto de decote. Mas ela não consegue parar [de falar sobre isso], acrescentou.