Sthefane Matos

Sthe Matos detalha ‘confusão mental’ após susto com internação, e revela possível causa de sangramento no cérebro: “Dor surreal”; assista

Em seu canal do YouTube, a influencer recordou desde o momento em que começou a se sentir mal, até a alta do hospital

Na última segunda-feira (21), a influenciadora Sthefane Matos, precisou ser internada numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) devido a um pequeno sangramento no cérebro. Nesta quinta-feira (24), a ex-peoa divulgou, em seu canal do YouTube, um relato completo do susto – desde o momento em que se sentiu mal, até a alta do hospital, em Salvador.

No início do vídeo, Sthe agradeceu seus seguidores, amigos e equipe e avisou que vai continuar se cuidando. Na sequência, ela detalhou como tudo aconteceu. “Cinco dias atrás comecei a me sentir muito mal. Aparentemente um quadro viral. Senti dor de cabeça, mas nada grave, nada forte. Tive dores no corpo, um dia de febre, garganta inflamada e muita tosse. Eu estava em Maceió, foi onde comecei a me sentir assim. Vim para Salvador me sentindo tão mal, que não consegui vir para casa”, recordou.

Após deixar o aeroporto, Matos foi direto para o hospital, onde recebeu atendimento. Foram realizados testes de Covid-19, mas, devido ao resultado negativo, os médicos lhe administraram apenas soro fisiológico na veia e dois comprimidos. Já em casa, a ex-peoa comprou os remédios que receitaram e passou a desconfiar de uma virose. “No segundo dia, comecei a ter dores de cabeça. Até então era apenas dor de cabeça. Pouco depois, piorou, era uma dor surreal. Nunca senti isso em minha vida, na cabeça inteira. Eu não conseguia abrir o olho. O que preocupou foi a evolução da dor em questão de minutos”, disse ela.

Segundo Sthé, foi a partir daí que a situação se agravou. “Estava com as minhas amigas, e elas falaram que nesse momento em que estava com dor de cabeça, comecei a apresentar falta de lucidez. Comecei a ter muita confusão mental, elas perguntavam coisas e eu não sabia como responder. Eu não lembro de nada disso, de verdade. Lembro de flashes, só lembro é de estar no hospital, já”, admitiu.

Médicos desconfiaram de tumor, AVC ou meningite. (Foto: Reprodução/YouTube)

Continua depois da Publicidade

Na segunda visita ao hospital, o mal-estar foi amenizado após atendimento médico. “Eu só fui reagir no hospital porque me medicaram, a dor de cabeça foi passando. Sou jovem, tenho 23 anos. Como foi algo muito repentino, muito forte, e como tive confusão, os médicos decidiram fazer tomografia para ver o que era. Nesse exame deu um foco de sangramento, aí precisavam investigar e por isso fiquei internada”, relatou.

“Foi tirado o líquido da coluna para mandar para examinar, e no dia seguinte fiz uma ressonância magnética”, contou. Ela afirmou que, com todos os cuidados, os neurologistas descartaram as hipóteses de AVC, tumor e meningite. Eles apontaram, ainda, que o sangramento ocorreu, possivelmente, por conta de um quadro viral. “Graças a Deus, eu tive alta e tenho que repousar. Provavelmente eu sinta algumas dores de cabeça e na coluna, mas vou tomar os medicamentos e ficar me cuidando em casa”, concluiu. Veja o relato completo: