Gettyimages 477505458

Supermodelo Linda Evangelista faz forte desabafo após sofrer efeitos colaterais de procedimento estético: “Permanentemente deformada”

Situação delicada… Nessa quarta-feira (22), Linda Evangelista, uma das maiores modelos dos anos 1990, usou suas redes sociais para fazer um desabafo sincero e sentido. Em seu texto, a top, que hoje tem 56 anos, disse ter sido “brutalmente desfigurada” por um procedimento estético ao qual se submeteu e, por isso, estaria reclusa e longe dos holofotes.

“Hoje dei um grande passo para corrigir um erro que sofri e guardei para mim mesma por mais de cinco anos. Para meus seguidores que se perguntam por que eu não tenho trabalhado enquanto as carreiras de minhas colegas têm prosperado, a razão é que eu fui brutalmente desfigurada pelo procedimento CoolSculpting da Zeltiq, que fez o oposto do que prometia”, começou ela.

O processo citado por Linda se assemelha a uma criolipólise – método não invasivo que promete redução de gordura, após congelamento e, consequentemente, morte do tecido adiposo. Entretanto, como toda intervenção estética, existem efeitos colaterais negativos. “O procedimento aumentou, ao invés de diminuir, minhas células de gordura, e me deixou permanentemente deformada, mesmo depois de passar por duas cirurgias corretivas dolorosas e malsucedidas. Fiquei, como a mídia descreveu, ‘irreconhecível'”, afirmou a modelo.

Continua depois da Publicidade

Em seu relato, Evangelista disse ter desenvolvido a condição de hiperplasia adiposa paradoxal, alegando ainda “não ter sido avisada sobre potenciais riscos” associados ao procedimento. “A hiperplasia adiposa paradoxal ou HAP não apenas destruiu meu meio de vida, mas também me colocou num ciclo de profunda depressão, profunda tristeza e tamanha auto-aversão”, lamentou.

Por fim, a canadense abriu o coração e explicou como a experiência impactou negativamente em sua vida. “Me tornei reclusa. Estou avançando para me livrar da minha vergonha, e vindo a público com minha história, porque estou muito cansada de viver assim. Eu gostaria de sair pela minha porta com a cabeça erguida, apesar de não parecer mais comigo mesma”, encerrou ela.

A publicação gerou uma onda de apoio vinda de fãs e também famosos. “Linda, sua força e verdadeira essência são para sempre reconhecíveis e icônicas! Bravo!”, escreveu a top model Cindy Crawford. “Você sempre será icônica. Obrigada por compartilhar sua verdade conosco”, pontuou Alessandra Ambrosio. O estilista Jeremy Scott foi outro a se manifestar: “Você é e sempre será uma supermodelo. Agora pode adicionar também ‘supermodelo de coragem’ ao seu currículo. Eu te amo”.

Naomi Campbell, outra rainha das passarelas, também mandou um recado poderoso para a amiga. “Eu a aplaudo por sua coragem e força para compartilhar sua experiência e não ser mais refém dela. Você sabe que eu te amo. Nós te amamos e estamos aqui para você, sempre do seu lado. Eu não posso imaginar a dor que você passou mentalmente nos últimos cinco anos. Você está livre dela agora. Lembre-se de quem você é, do que conquistou e de todas as vidas que já tocou. Você segue fazendo isso ao compartilhar sua história. Estou orgulhosa de você”, afirmou.