Suposto companheiro de Gugu Liberato entra na disputa por herança milionária do apresentador, diz jornal; Saiba os detalhes

A briga pela herança de Gugu Liberato ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira (13). De acordo com o jornal “O Estado de São Paulo”, um suposto namorado do apresentador, chamado Thiago Salvático, contratou advogados para representá-lo no processo de inventário de Gugu.

Segundo a coluna Direto da Fonte, Salvático, um chef de cozinha que reside na Alemanha, procurou o escritório Traldi e Saggiori para entrar na disputa pelos bens do comunicador. À publicação, a advogada Patricia Saggioro Leal confirmou a informação de que seu escritório o está representando no inventário.

“Thiago foi sim companheiro de Gugu”, revelou a profissional, que não forneceu mais detalhes sobre o caso.

Thiago Salvático teria se relacionado por oito anos com Gugu. (Foto: Reprodução/Twitter)

Não se sabe, exatamente, o que Salvático está pedindo na justiça. No entanto, de acordo com a publicação, o chef, que mora fora do Brasil, teve uma “relação estável por cerca de oito anos” com o apresentador. Durante este tempo, os dois teriam feito muitas viagens pelo mundo.

Entre a própria família de Gugu, a disputa pela herança se tornou uma verdadeira guerra. Excluída do testamento, a médica Rose Miriam di Matteo entrou na Justiça para ter sua união estável com o apresentador reconhecida — e, com isto, ter direito à parte da herança. Escrito em 2011, o testamento de Gugu deixa todo seu patrimônio, avaliado em R$ 1 bilhão, para os filhos e sobrinhos.

Gugu, Rose e os três filhos: João Augusto, Sofia e Marina (Foto: Reprodução/Instagram)

No domingo (9), os filhos do comunicador, João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Marina e Sofia, de 16, afirmaram em carta enviada ao “Fantástico” que não concordam com as recentes atitudes da mãe. “Os filhos de Gugu Liberato, por meio de seus advogados, em respeito à memória de seu pai e à vista das últimas declarações postadas na mídia pela defesa de sua mãe, esclarecem que não esperavam e não pactuam deste espetáculo que pretende transformar a mentira em verdade, para desvirtuar os legítimos desejos de seu pai e, principalmente, a realidade por todos eles vivenciada”, informou o comunicado.

O documento é assinado pelos adolescentes e pelos advogados da família Liberato, Carlos Eduardo Farnesi e Regina Dilermando Cigagna Junior. Ele foi escrito após as crianças tomarem conhecimento que a mãe enviara um depoimento em vídeo para o programa, que também foi exibido. “As pessoas que disserem que nós não éramos uma família gostaria que entendessem que estão cometendo um grave erro. Nós fomos muito felizes nesses 20 anos. Tivemos, claro, nossos altos e baixos como todo casal tem”, afirmou Rose Miriam na gravação feita em sua casa.

Após a exibição da reportagem do Fantástico, a assessoria de imprensa do advogado que representa Rose Miriam, Nelson Williams, enviou uma resposta à carta dos filhos dela ao “Notícias da TV”. “É um absurdo o nível de alienação parental que está sendo promovido pela inventariante, Aparecida Liberato. Ela usa de sua assessoria jurídica para fazer uma declaração envolvendo os filhos, inclusive filhos menores. Vamos acionar o Ministério Público”, disse ele.