Thandie Newton relembra bastidores de “Missão Impossível” com Tom Cruise, e diz que se sentiu “aterrorizada e insegura” perto do astro: “Eu tinha muito medo”; saiba o motivo

O entrosamento de pares românticos em filmes de cinema nos faz pensar que os atores se dão super bem nos sets de filmagem. Thandie Newton, de “Westworld”, abriu o coração, e provou que às vezes, nem tudo são flores. Em entrevista à revista Vulture, a interprete de Nyah Nordoff-Hall em “Missão Impossível 2”, classificou sua experiência ao lado de Tom Cruise como “um pesadelo”.

Segundo a artista, a postura “dominante” de Cruise lhe deixava “aterrorizada e insegura”. “Eu tinha muito medo do Tom. Ele era um indivíduo muito dominante. Ele tenta muito ser uma pessoa legal, mas ele cede à pressão. Ele assume muita coisa. E eu acho que ele tem esse senso que somente ele pode fazer tudo da melhor maneira possível”, revelou a atriz, que estrelou o segundo filme da franquia de ação.

Thandie então se lembrou de uma cena específica, que misturava luta com dança espanhola. “Não acho que foi uma cena muito bem escrita. Ficamos frustrados um com o outro. Tom não estava feliz com o que eu estava fazendo porque eu tinha as piores falas e ele começou a ficar muito irritado”, relatou. Para tentar resolver o problema, Tom sugeriu que ambos repassassem as falas, interpretando os papeis um do outro.

“Nós filmamos a cena inteira comigo sendo ele — porque, acredite, eu sabia as falas naquele ponto — e ele sendo eu. E foi a coisa mais inútil… eu não consigo pensar em nada menos esclarecedor. Aquilo só me colocou numa posição de terror e insegurança. Foi uma verdadeira vergonha. Coitado, ele realmente estava tentando dar seu melhor”, analisou.

Thandie e Tom em cena de “Missão Impossível 2”. (Foto: Divulgação)

Depois de todo esse processo, Newton sentiu que precisava desabafar com alguém, então ligou para o produtor do longa, Jonathan Demme. “Eu me lembro de ligar pro Jonathan. Eu descrevi a noite para ele: ‘Um pesadelo’. Ele me repreendeu por não ter me defendido. Ele foi um doce”, revelou.

Mais tarde, para sua surpresa, a atriz recebeu um telefonema de Cruise. “Pensei: ‘Ah, aqui está! Um pedido de desculpas’. Mas não. Ele apenas falou: ‘Vamos regravar essa cena na semana que vem’. Falei: ‘Brilhante!’. E aí, quando refizemos, eu cheguei lá manifestando tudo o que ele queria. Ele queria uma v*dia alfa. E eu fiz o melhor que eu pude. Não é a melhor forma de conseguir o melhor trabalho de alguém… Ele não foi horrível. Ele estava muito estressado. Eu tive uma experiência extraordinária”, constatou.

Analisando o episódio agora, 24 anos mais tarde, Thandie acredita que ela teria lidado com situação de maneira diferente. “Foi mais surreal do que qualquer outra coisa. Olha, o trabalho criativo é difícil. Eu era tão frágil e sensível. Eu fiz uma boa terapia. Eu percebi que eu era preciosa. Se fosse agora, eu iria bater o pé e dizer: ‘Ei, vamos fazer desse jeito. Não precisamos trocar de papel em cena'”, concluiu.