Travis Scott Astroworld

Travis Scott: Seguranças do Astroworld Festival processam rapper por “danos mentais” após terem de lidar com corpos das vítimas

As ações judiciais não param de aparecer para Travis Scott após o festival Astroworld. Depois de ser processado por mais de 280 vítimas, que pedem cerca de US$ 2 bilhões (aproximadamente R$ 11 bilhões) em danos, os seguranças que trabalharam no evento também apresentaram queixas. Segundo o TMZ, dois deles afirmam que o evento “os deixou permanentemente traumatizados”.

Segundo os funcionários Samuel e Jackson Bush, eles foram contratados pela “AJ Melino e Associados” para trabalharem como seguranças no show. Nos documentos constam a informação de que, embora apenas 50 mil pessoas tenham comprado ingressos, haviam muito mais presentes. No show do dia 5 de novembro, o caos se instalou quando o público começou a se mover em direção ao palco, o que resultou em 10 mortes e mais de 300 feridos.

Os envolvidos no processo alegam ter sofrido “danos mentais e físicos por terem trabalhado no evento”. Jackson recordou em seu depoimento às autoridades, que precisou tocar em corpos sem vida e que arrancou um dos mortos de uma “multidão esmagadora”.

A nova ação pede mais de US$1 milhão em danos (quase R$ 6 milhões na cotação atual). Além disso, não é só Travis Scott que pode sofrer as consequências; os documentos também apontam a Live Nation Entertainment, AJ Melino, Scott’s Cactus Jack Productions e outros nomes como culpados pela tragédia.

Show de Travis Scott terminou em tragédia. (Foto: Getty)
Show de Travis Scott terminou em tragédia. (Foto: Getty)

Os polícias continuam as investigações sobre o que causou o tumulto. O rapper está fora dos holofotes desde o dia fatídico, mas o advogado de Travis conversou com o TMZ. “Foi noticiado que o Plano de Operações designou que apenas o diretor do festival e os produtores executivos têm autoridade para parar o show; nenhum deles faz parte da equipe de Travis. As investigações devem começar a avançar para que, juntos, possamos identificar exatamente o que aconteceu e como podemos evitar que algo como isto volte a acontecer”, disse.

Continua depois da Publicidade

Travis Scott comenta tragédia

O rapper se pronunciou nas redes sociais um dia após o show, e afirmou que está colaborando com o Departamento de Polícia de Houston nas investigações. “Eu estou absolutamente devastado com o que aconteceu ontem à noite. Minhas orações estão com as famílias e com todos os impactados pelo que ocorreu no Festival Astroworld”, escreveu Travis.

“A polícia de Houston tem meu total apoio enquanto continua a investigar a trágica perda de vidas. Eu estou comprometido a trabalhar em conjunto com a comunidade de Houston para curar e dar apoio às famílias que necessitam. Obrigado à polícia de Houston, aos Bombeiros e ao NRG Park por sua resposta imediata e apoio. Amo todos vocês”, informou.

Além de reembolsar o público do Astroworld, Travis também disse que pretende cobrir todos os custos do funeral das vítimas e que havia se associado à “BetterHelp” para fornecer terapia online gratuita para os afetados pela tragédia. “Estes são os primeiros de muitos passos que Travis planeja tomar para ajudar os afetados durante todo o processo de luto e recuperação”, disseram os representantes do rapper à NBC News.