Triste! Ex-namorado de Jennifer Lopez, David Cruz, morre aos 51 anos: “Ele era um pai dedicado”; Saiba detalhes

David Cruz, ex-namorado de Jennifer Lopez, com quem ela manteve um relacionamento por quase uma década, faleceu no último sábado (21), aos 51 anos. A notícia foi confirmada pelo site TMZ.

Conforme informou o Instituto Médico Legal de Nova York, David sofreu uma parada cardíaca fatal no Hospital Mount Sinai West, em Manhattan. O serviço não disponibilizou mais detalhes sobre o caso.

Lopez e Cruz frequentaram o mesmo colégio no Bronx, Nova Iorque, e se conheceram quando a popstar tinha apenas 15 anos. Ambos namoraram por cerca de dez anos, até que se separaram em meados dos anos 90, quando a carreira de J-Lo entrou em ascensão.

Jennifer e David eram amigos de infância. (Foto: Getty)

David vivia há 18 anos com Isa, sua companheira. Ao site, a viúva rasgou elogios a Cruz: “Ele era gentil e amoroso. Ele nunca se apegava a nada e sempre foi muito aberto. Ele era um pai dedicado, ajudou a criar seu enteado, que agora faz parte dos fuzileiros navais. Ele adorava os New York Yankees e os Knicks. Adorava ir ao teatro comigo. Meu momento favorito era a noite de encontros familiares, porque não era apenas especial para mim, mas também para as crianças. Ele sempre fazia questão de terminar as coisas com um ‘Eu te amo'”.

Depois que terminou o namoro com David, Jennifer viveu relacionamentos com famosos como Puff Diddy, Ben Affleck e Marc Anthony. Atualmente, a atriz de “As Golpistas” está noiva de Alex Rodriguez.

Ainda em 2004, J-Lo comentou sobre sua relação com Cruz, durante uma conversa com o site Daily Mail. “Ele é um amigo e provavelmente me conhece melhor do que ninguém. Tenho muitas lembranças de David, porque nove anos são como uma vida. Nós crescemos juntos porque eu tinha apenas 16 anos quando o conheci. O melhor amigo dele estava namorando o meu melhor amigo. Ele me viu e se apaixonou por mim imediatamente”, explicou.

“Ele ainda mora no bairro do Bronx, onde crescemos, e minha avó também. Eu o vejo sempre que vou visitá-la. Quando nos encontramos, mantemos contato por um tempo através de telefonemas”, acrescentou a diva. Até então, Lopez não se pronunciou sobre a morte do colega.