Laine Hardy American Idol

Vencedor do “American Idol” é preso por plantar escuta no quarto da ex-namorada; cantor se manifesta

Laine Hardy, que venceu o talent show em 2019, deu entrada na prisão de East Baton Rouge nesta sexta-feira

Laine Hardy, que venceu a 17ª temporada do “American Idol” em 2019, foi preso nesta sexta-feira (29), em Baton Rouge, nos Estados Unidos. O cantor foi acusado de plantar uma escuta no quarto de sua ex-namorada. Segundo o relato, ele supostamente teria espionado conversas da jovem no dormitório da Universidade do Estado da Louisiana.

De acordo com a NBC News, a moça descobriu o aparelho em seu quarto no dia 7 de abril e logo entrou em contato com a polícia. “A vítima declarou que, depois de pesquisar pelo dispositivo, descobriu que era um gravador ativado por voz. A vítima relatou acreditar que a pessoa que deixou o gravador lá seja seu ex-namorado/réu”, pontuaram as autoridades. O relacionamento entre eles teve início em novembro de 2021 e chegou ao fim em fevereiro de 2022.

Laine Hardy American Idol1
Laine Hardy venceu o “American Idol” em 2019. (Foto: Reprodução/ABC)

Segundo o DailyMail, documentos legais afirmam que Hardy teria ouvido até mesmo ligações que sua ex teve com a mãe para falar sobre o término. Os papéis também indicam que teria sido possível ouvir a voz do músico enquanto o dispositivo de escuta foi plantado no quarto.

Continua depois da Publicidade

Depois de Laine se entregar à polícia na quinta-feira (28) e afirmar que estava colaborando com os oficiais, sua prisão foi efetuada nesta sexta. “Lane Reed Hardy foi detido pela Polícia da LSU (Universidade do Estado da Louisiana) hoje e deu entrada na prisão da paróquia de East Baton Rouge pela violação do código 15:1303 – interceptação e divulgação de comunicação por escuta, eletrônicos, ou oral”, disse um porta-voz da universidade.

Laine Hardy se manifestou sobre as acusações

Hardy já havia tocado no assunto na noite de ontem, através de seu perfil no Facebook. “Hoje mais cedo, eu recebi um mandado em decorrência de acusações feitas contra mim e tenho colaborado totalmente com o Departamento de Polícia da Universidade do Estado da Louisiana”, iniciou ele, que ainda pediu privacidade aos seguidores nesse momento complicado de sua vida.

Continua depois da Publicidade

“Eu entendo que a minha carreira tenha me empurrado aos holofotes do público, e eu abraço isso de todo coração, já que meu mundo inteiro pertence à minha música e aos meus fãs. No entanto, pela natureza sensível dessas acusações, eu humildemente peço por privacidade nesse momento. Eu tenho o máximo respeito pela lei e vou ajudar nas investigações conforme for necessário para seguir em frente”, concluiu.