Viih (6)

Viih Tube faz desabafo sensível sobre tentativa de suicídio aos 16 anos: “Me sentia morta”; assista

Assunto super importante… Nesta terça-feira (21), Viih Tube lançou um vídeo em seu canal do YouTube para falar de sua própria saúde mental, contando que já tentou tirar sua vida quando tinha 16 anos. Neste setembro amarelo, mês de prevenção ao suicídio, a youtuber relembrou quando sofreu um cancelamento em massa na internet e quase partiu para a medida extrema.

Eu não sentia vontade de nada, de fazer nada. Eu me sentia morta. Nada fazia sentido para mim, nada tinha graça. Eu não comia. Eu só dormia (…) Hoje, eu analiso e lembro da sensação que eu tive, de estar sem chão, sem sentido. Não me reconhecia mais. Era fria, não sentia nada e não tinha vontade de nada“, desabafou a influenciadora sobre o período difícil.

Por um momento, eu achei que nunca fosse sair daquela situação, daquele sentimento, daquela energia que eu estava vivendo. Eu achava que as pessoas nunca fossem me deixar em paz… Eu cheguei em um ponto da vida em que eu tinha medo de falar, me expressar, de ser eu, medo do julgamento das pessoas. Medo de não gostarem de mim. Mas eu não tenho mais esse medo“, relatou Viih.

Continua depois da Publicidade

A ex-BBB compartilhou ainda um vídeo de quando sofreu o tal cancelamento, aos 16 anos, em que ela falava sobre os ataques cruéis que estava sofrendo. Nas imagens, a jovem dizia que não estava “normal”, e que não merecia boa parte do ódio que vinha recebendo. O registro, entretanto, nunca foi postado por ela.

Segundo a youtuber, foi uma semana depois dessa gravação que ela tentou o suicídio. “Eu sempre escondi tudo, disfarcei muito. E antes de gravar esse vídeo foi quando um homem me agrediu na rua por conta do cancelamento também. Eu não demostro nada no vídeo, nenhuma pontinha solta do que eu tinha passado. Primeiro porque ninguém sabia do ocorrido, eu escondi por vergonha e culpa. E segundo porque eu nunca gostei de me mostrar fraca“, contou.

Viih (7)
Viih Tube também recebeu muitas críticas por conta da sua passagem pelo BBB21. (Foto: Reprodução/ TV Globo)

Para Viih, o BBB21 também foi uma experiência bastante importante no seu processo de cura. “No começo desse ano, eu vivi um confinamento que foi muito louco, três meses sem celular, três meses sem ter noção do que as pessoas estavam pensando de mim, sem ter noção do que elas achavam, sendo bom ou ruim, gostando ou não, eu não sabia mesmo“, afirmou ela.

Foi tão bom ser eu sem medo, porque eu não estava com medo. Eu não estava com medo do que eu ia encontrar aqui fora, porque eu já encontrei tanta coisa pior. Eu já me vi no fundo do poço, então eu sinto que eu me libertei, eu sinto que eu deixei um negócio lá dentro daquela casa. Por um tempo achei que eu nunca fosse conseguir me encontrar de novo ou perder o medo de viver, o medo de tudo. E eu perdi, ele sumiu. Eu me sinto liberta, eu me sinto livre“, refletiu a youtuber.

Continua depois da Publicidade

Vitória também fez um discurso positivo e inspirador sobre o tema. “Se eu tivesse desistido por conta daqueles pensamentos ruins, por causa daquele momento difícil que eu estava vivendo, eu penso que eu nunca teria conquistado tudo o que conquistei hoje. Eu estou gravando esse vídeo na minha casa. Minha casa própria, que eu comprei. Tô olhando pra uma parede que mostra todo meu esforço, tudo que eu fiz“, disse ela, mostrando um tipo de mural com quadrinhos de suas conquistas.

Se você está passando por uma coisa tão complicada que não consegue se enxergar saindo, saiba que tudo passa. Você vai conseguir sair, mesmo achando que é impossível. Você precisa acreditar que é possível… Se você errou, tá tudo bem. Assuma o seu erro, se perdoe. Evolua, aprenda com ele. Mas não se cobre tanto porque você errou, senão você vai pro fundo do poço… Quando é feito com amor, não vai ter erro. O amor move“, concluiu ela. Arrasou! Assista:

IMPORTANTE: Se você ou alguém que você conhece está passando por dificuldades emocionais ou considerando o suicídio, ligue para o ‘Centro de Valorização da Vida’ pelo número 188. O CVV realiza apoio emocional, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias. Para mais informações, clique aqui.