Estrela da TV e do cinema, Viola Davis desabafa sobre fome que passou na infância: “Era minha maior vergonha”

Viola Davis abriu o coração sobre as dificuldades que enfrentou durante a infância e adolescência. A atriz, hoje muito bem sucedida, revelou que por diversas vezes, no passado, não tinha como se alimentar e lamentou a falta de compreensão e compaixão que existe em torno desse assunto.

Em entrevista à revista People, a ganhadora do Oscar afirmou que a fome era a sua “maior fonte de vergonha” durante a época da escola. “Eu ganhei uma bolsa de estudos quando era muito jovem para uma escola de atuação, e eu nunca tinha dinheiro para comida”, recordou Viola.

“De vez em quando, eu levava um sanduíche de mortadela e maionese e eu ficava tão feliz. Me lembro de comer o sanduíche e as crianças na escola – que eram no mínimo de classe média alta – falavam: ‘Nossa, isso é muito nojento’. É necessário que exista empatia e educação para que as dificuldades de muitas pessoas sejam compreendidas, principalmente agora”, analisou.

Ainda em seu desabafo, a atriz disse que até hoje sente o impacto disso em sua vida. “Crescer passando fome foi a minha maior fonte de vergonha. Afetou o meu senso de valor. Eu sentia que mais ninguém passava por esse problema. E o fato de eu passar me fazia fraca, mesmo que eu não tivesse nenhum controle sobre isso”, lamentou.

Por conta de sua experiência pessoal, a atriz passou a trabalhar com instituições na luta pelo combate a fome infantil. Atualmente, Viola colabora com a ONG “No Kid Hungry” (em português, “Nenhuma Criança Faminta”), que ajuda famílias em situação de vulnerabilidade durante a pandemia do coronavírus.

“A fome já era um problema antes da Covid-19. Mas agora a situação é muito pior, porque as pessoas estão sem trabalho e com dificuldades maiores em relação a suas finanças, suas casas e tudo mais. Programas que servem alimentos, feitos para atenderem 200 famílias, hoje estão atendendo 600”, comentou, sobre a gravidade do caso.

Questionada sobre o que as pessoas poderiam fazer para prestar ajuda, Davis respondeu: “Ofereça seu tempo e dinheiro, mas o principal é votar”. Para a estrela, os programas de auxílio do governo são “o elixir de cura para famílias pobres de comida”. “Não é apenas o flagelo das crianças que estão crescendo na pobreza, mas também os trabalhadores pobres. Nós temos um problema”, classificou.

Viola, seu marido Julius e a filha Genesis. (Foto: Getty)

Por fim, a intérprete de Annalise Keating em “How To Get Away With Murder”, se mostrou grata por poder dar à filha Genesis, de 10 anos, uma vida confortável. “Eu sempre a encorajo a usar qualquer forma de expressão, seja no TikTok, seja pintando, tirando fotografias… Eu digo: ‘Qualquer coisa sobre você, mesmo as que você acha que as pessoas não vão amar – todas elas formam sua beleza’. Eu não quero que ela cresça sentindo nenhuma vergonha como eu senti”, concluiu.