Fotojet (1)

Virgínia Fonseca divide opiniões após comentário sobre ‘babá 24 horas’, e se manifesta: ‘Ela trabalha assim’; Zé Felipe se irrita com repercussão – Assista

Prestes a dar à luz, Virgínia Fonseca tem compartilhado cada vez mais informações sobre o futuro de Maria Alice, sua filha com o cantor Zé Felipe. Nesta sexta-feira (14), a influenciadora publicou um vídeo nas redes sociais no qual revelou ter contratado uma babá 24 horas para ajudá-la no dia a dia.

“A gente já tem a babá da Maria Alice. Assim, não sei se ela vai morar [com a gente] ou não. Mas a babá que a gente contratou, ela vai ficar de segunda a sexta, 24 horas. Sábado e domingo, ela tem livre. Só que, caso a gente precise sábado e domingo, ela tem disponibilidade”, disse ela, na publicação que foi deletada de suas redes. Assista:

A declaração, no entanto, virou uma polêmica que dividiu muitas opiniões e rendeu diversas críticas ao casal. Enquanto uns defendiam Virgínia, outros diziam que a loira estava “louca” por contratar alguém para trabalhar por tantas horas. “A pessoa tem filho, mas não troca uma fralda, não dá um banho, não leva para passear, não brinca com a criança, não dá colo quando está chorando, tem filho para quê? Pode ter dinheiro, mas dinheiro não compra carinho, cuidado e atenção dos pais”, escreveu uma usuária do Twitter.

“Que trem chato, véi. Se importando até com a babá que Virginia arrumou. Essa internet tá tóxica mesmo. Ter alguém para auxiliar não faz ninguém ser menos mãe não!”, argumentou outro. A falação foi tanta, que o nome da youtuber foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter. Confira reações:

Continua depois da Publicidade

Continua depois da Publicidade

Em vista das críticas, Virgínia utilizou seu Instagram para explicar e defender a decisão. “O problema é expor demais! Mas foi algo que eu optei, eu optei expor minha vida desse jeito e tudo bem! Eu contratei o trabalho dela, gente. Ela trabalha dessa forma, para ela é mais conveniente estar na casa da família do que ir embora todo dia e voltar. Ela poderia ter oferecido 12 horas de trabalho, eu contrataria ela e mais uma! Mas ela trabalha desta maneira. Ela prefere assim. Juro que pode ser muito difícil pra vocês acreditarem, mas eu não amarrei ela e nem obriguei ela a nada”, disparou a influencer.

“Não existe isso de trabalhar vinte e quatro horas por dia, pelo amor de Deus. Ela vai dormir, ela vai comer, vai viver normalmente, isso de vinte e quatro horas é porque vai estar aqui junto com a gente vinte e quatro horas. Como uma enfermeira quando a gente contrata para cuidar de alguém, ela fica vinte e quatro horas, mas não quer dizer que sejam vinte e quatro horas trabalhando. Dá pra entender? Espero que sim!”, insistiu.

O desabafo continuou e Fonseca então se defendeu dos comentários acusando-a de deixar outra pessoa criar sua filha. “E outra coisa, ter uma babá para auxiliar, não quer dizer que ela vá cuidar da minha filha, até porque se tem um tipo de mãe que eu vou ser, é aquela que cuida e educa, pois quero que ela tenha a mesma criação que meus pais me deram e essa criação só eu posso dar”, concluiu.

E1yefniweaq39ix
Virgínia se defende de comentários e explica decisão sobre babá. (Foto: Reprodução/Instagram)

Continua depois da Publicidade

Zé Felipe defende Virgínia

Visivelmente incomodado com a repercussão negativa da situação e os ataques à amada, o filho de Leonardo utilizou seus stories no Instagram ontem (14) para defendê-la e afirmou que a ajuda da babá profissional não irá interferir na criação da família.

“Tô vendo a galera falando desse trem de babá aí… Eu acho engraçado porque desde que eu nasci eu tive babá e meu pai e minha mãe nunca foram menos pai ou menos mãe por causa disso. Se tem, se pode ter a babá a semana inteira, graças a Deus, pra auxiliar, qual que é o problema? Meu Deus do céu…”, argumentou o cantor.

“Mais uma coisa: se a babá vai ficar vinte e quatro horas, foi combinado. Ela deu o preço dela e a gente acertou tudo e ela aceitou também. E é isso, é o trabalho dela. Não tem esse trem aí. Né? Tô aprendendo a ficar calmo, falar mais bonito”, encerrou ele, tentando fazer graça. Veja: