Famosos

Zara Larsson pede desculpas a James Charles e esclarece acusações de que youtuber teria assediado seu namorado: “Me sinto super mal”

Gabriel Bastos - Publicado em 22/05/2019 às 17:58
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Fim da história? Nos últimos dias, a polêmica envolvendo o youtuber James Charles tomou enormes proporções no mundo da Internet. Em um dos desdobramentos dessa verdadeira treta, Zara Larsson havia o acusado de ter assediado seu namorado, “mesmo sabendo que ele era heterossexual”. No entanto, no último fim de semana, a musa colocou um ponto final na questão, voltando atrás na sua fala e desculpando-se pelo equívoco.

Em seu Twitter, Zara pediu seu perdão diretamente para James, após tudo o que aconteceu. “Sempre tento dar o meu melhor para aprender e me desculpar se eu estiver errada. Me desculpe, James Charles por me envolver antes que eu soubesse a verdade, e sinto muito por toda ansiedade que deve ter sentido quanto a tudo isso”, escreveu ela. Dá uma olhada:

Pouco antes, também através de alguns tweets e posts no Instagram Stories, a cantora havia publicado uma enorme mensagem abordando a polêmica. No texto, ela explica que o namorado mostrou as DMs de James para ela, fazendo com que ela se arrependesse do que fez. “Nunca em um milhão de anos eu esperava que isso fosse estourar como aconteceu. Me sinto super mal considerando o fato de que depois eu me corrigi e excluí o tweet, depois do meu namorado ter falado comigo e me mostrado a DM. Realmente, não era tão ruim”, declarou Larsson.

De qualquer forma, em um ponto ela não mudou de opinião. Para ela, também não é correto flertar com alguém comprometido, o que James teria feito. “É claro que você pode flertar com uma pessoa online, como eu fiz, e chamar alguém de ‘bonito’ nos comentários é apenas legal. Nenhum dano feito. Eu acho desrespeitoso, no entanto, tentar isso com alguém comprometido, e eu devo admitir que tive dificuldade em acreditar que você não soubesse que eu estava em um relacionamento, visto que ele posta sobre mim”, rebateu a artista.

Em todos os casos, Zara quis deixar claro que não restavam ressentimentos, nem dela, nem do seu namorado: “Não conheço você pessoalmente, mas a única coisa que eu sei é que Brian e eu não temos absolutamente nada contra você”. Por fim, ela aproveitou para lamentar que, de acordo com sua opinião, a causa de toda essa repercussão por parte do público seria por um pensamento homofóbico. “De todo coração, acredito que uma das razões que isso ficou fora de proporções é homofobia e o fato de que isso afetou homens héteros”, disparou. Eita… Veja o textão:

Com o gesto da estrela, o maquiador se manifestou agradecendo por ela ter se retratado. “Obrigado por se desculpar, anjo, está tudo bem. Todo o meu amor!”, respondeu James. Confira:

No sábado (18), o youtuber divulgou um longo vídeo esclarecendo alguns fatos da grande polêmica, após Tati Westbrook ter feito o mesmo no dia anterior. Apontando mensagens e conversas, ele relatou coisas que acabaram sendo distorcidas, como o caso envolvendo Zara, alertando o perigo desse cenário. “Pessoas estão tratando o #JamesCharlesIsOverParty como um convite para adicionar mentiras à narrativa, o que não é apenas doloroso para mim, como está criando estereótipos muito, muito perigosos na comunidade LGBTQ+. Por exemplo, Zara Larsson que é uma incrível cantora tweetou dizendo que mandei mensagem para o namorado dela várias vezes sabendo que ele era hétero. E esse tweet atingiu quase meio milhões de likes até que fosse deletado”, comentou ele.

Indo contra o que Tati havia revelado em seu vídeo, ele negou que sua “traição” com a amiga tivesse sido planejada. “Apesar de tudo o que Tati disse no seu vídeo, essa situação toda não foi um grande esquema orquestrado previamente. Aconteceu realmente na hora”, contestou. Ainda assim, ele afirma que “na verdade, mandei mensagem para Tati primeiro”. E após já ter assinado o contrato com a marca concorrente e ter tentado contato diversas vezes tanto com ela, quanto com seu marido, ele pensou que seria melhor dar um espaço ao casal.

Quanto às acusações de assédio, também feitas por Westbrook, ele negou fortemente. “Eu nunca usei, nunca usaria e nunca vou usar minha fama, dinheiro ou poder para manipular ou ter ações sexuais de um cara. Isso é nojento. Isso não sou eu e o fato de Tati ter trazido isso me deixou chocado”, defendeu-se James.

Sobre homens héteros com quem trocou mensagem, e que não queriam contato, James alegou sempre ter se desculpado, e prometeu que não terá mais essas atitudes. “Aceito total responsabilidade por enviar essas mensagens e essa situação definitivamente me ensinou que enviar mensagens tão pra frente e diretas é inaceitável, e eu não vou mais fazer isso”, assegurou. Será que agora essa história finalmente terá seu encerramento? Assista ao vídeo:

Entenda o caso

Na sexta-feira (10), James Charles e Tati Westbrook, dois ícones da web nos EUA, causaram nas redes sociais envolvendo muitos publis, stories, vídeos e mágoas. Os dois são grandes influenciadores digitais que trabalham diretamente com o mundo da beleza e reúnem milhões de visualizações em seus tutoriais de maquiagem. Até hoje, os dois eram grandes amigos, porém, não mais… Depois de muita especulação de seus internautas que perceberam um afastamento entre os dois BFFs, Tati gravou um vídeo de 43 minutos falando sobre como as recentes atitudes de James a estavam magoando.

Voltando um pouco no tempo, a primeira mágoa de Tati com James aconteceu no dia 22 de abril, quando James fez um stories promovendo um produto de vitaminas para os cabelos, porém, a marca em questão é a principal concorrente de da empresa que Westbrook é fundadora. Na época do post, a influenciadora chegou a dizer em seu Instagram que se sentia “traída” e “perdida” e que teria sido “usada“, porém sem citar nomes. O que nem foi preciso, já que o amigo nunca promoveu sua marca pois dizia que seria uma má influência para o seu público jovem.

Segundo o Newsweek, posteriormente o jovem de 19 anos pediu desculpas públicas à amiga sobre o ocorrido. “Ela tem sido como uma mãe para mim desde os meus primeiros dias nesta indústria e me deu mais amor, apoio, recursos e conselhos do que eu poderia pedir. Neste fim de semana eu fiz um stories no Instagram para vitaminas do sono que estou tomando porque a marca me ajudou com (a equipe de) segurança quando uma multidão chegou ao meu redor no Coachella e me deixou inseguro. Eu não aceitei nenhum dinheiro desse post“, revelou.

Tati ignorou o pedido de desculpas e disse que James estava mentindo sobre o post patrocinado. Então temos a participação de um terceiro personagem: Gabriel Zamora. O youtuber afirmou que a influencer estaria tendo um “comportamento fraudulento” por se autopromover em cima das atitudes de Charles que, para ele, não tem nada de errado. “Todos esses vídeos estão sendo feitos para mostrar James como esse ser humano horrível e eu estou confuso sobre o que aconteceu“, disse.

É justamente aqui que estamos de volta ao mais novo vídeo de Tati, intitulado de “Bye, sister” (“Tchau, irmã” em tradução literal). Nele, a jovem revela ter arranjado diversos acordos milionários para James, inclusive com ajuda do seu marido, e acusa o garoto de ser ingrato por sua má vontade em ajudar outras pessoas e não a convidar para participar de seus vídeos no YouTube, por exemplo, uma vez que ele era figurinha carimbada em seu canal.

Como você tem o direito de pensar que é difícil? Você é um milionário de 19 anos. Você não consegue acordar e se preocupar com o quão injusto é seu trabalho. Isso é tão ridículo para mim. Saia do seu cavalo e tenha algum respeito. Você não tem nada para oferecer às pessoas que estão nessa indústria e esse é o triste fato“, solta ela. Westbrook ainda o acusa de ser um péssimo modelo para o seu público composto por adolescentes entre 12 e 14 anos, uma vez que ela acredita numa sexualização dos seus posts.

Para finalizar, Tati diz que só fez o vídeo porque Charles estava inventando mentiras sobre ela e iria vender essas informações para sites de fofocas. “Você me vendeu, mas você jogou fora nossa amizade. Você mentiu para mim, inventou uma história, você sabia que isso seria embaraçoso para mim. Nosso relacionamento nunca foi de transações. Eu nunca pedi nada a você em troca“, acusou.

Após todo o babado, James abriu o coração e postou um vídeo pedindo desculpas novamente. “Sinto muito por tudo que está acontecendo e por tudo que eu te fiz passar nas últimas semanas. Tati e seu marido me deram tanto amor, conselhos, oportunidades, um lugar para ficar, um ombro para chorar às três da manhã e apoio quando ninguém mais queria ou poderia“, começou.

Em certo momento, já bastante emocionado, ele lamenta as acusações da youtuber de que ele estaria usando da sua fama e sua sexualidade para manipular as pessoas e menciona más influências em sua vida. “Eu odeio saber que eu desapontei não só (meus fãs), mas duas pessoas que têm sido modelos para eu fazer isso (o trabalho de youtuber). Eu estive envolvido em muitas situações estranhas e únicas que deixaram as pessoas confusas ou chateadas. Eu aprendi da maneira mais difícil sobre em quem eu posso ou não confiar entre os garotos com quem ando… Tati realmente era uma das pessoas que sentava comigo e dizia como tudo parecia (visto) do lado de fora. Ela me avisou: ‘Ei, conversar com esses garotos pode te causar problemas um dia’. E ela estava certa“, afirmou sem citar nomes.

A internet, claro, não perdoou e colocou o nome de James no topo dos assuntos mais comentados mundialmente no Twitter. São incontáveis memes, questionamentos, acusações e opiniões sobre o caso.

A enorme polêmica ganhou novos rumos na terça-feira (14). Vários prints foram publicados, mostrando conversas do influenciador com amigos, que apontam novas versões da história. Nikita Dragun, também youtuber e amiga de Charles, compartilhou algumas mensagens em seu Twitter, mostrando que um incidente havia feito com que ele trabalhasse com a marca rival de Westbrook. Isso vai de encontro com o que Tati havia dito, de que ele havia planejado tudo previamente.

Até que uma nova personagem entrou na história, dizendo que não foi bem assim. Também através do Twitter, o perfil do canal do YouTube “Tea Spill” publicou prints de suas conversas, provando que James havia relatado tudo de uma outra forma. Segundo o influencer, seria a própria marca que teria oferecido isso a ele. Essa questão levantou uma dúvida entre internautas, que não entenderam se ele havia se confundido, ou distorcido as versões.

Tati Westbrook fala sobre James Charles em novo vídeo e diz que não o odeia. (Foto: Reprodução/YouTube)

Depois do escândalo ter movimentado as redes sociais nas últimas semanas, Tati Westbrook quis pôr um final na polêmica envolvendo James Charles. Em um vídeo divulgado na quinta-feira (16), ela explicou bastante abalada as motivações para ter feito seu relato, falou que ainda gosta muito do rapaz, mas também anunciou um pausa dos seus vídeos.