Fotojet (7)

Artista vende escultura invisível, que só existe na cabeça dele, e preço impressiona! Vem saber os detalhes

Quando a gente pensa que já viu de tudo, o ser humano vai lá e surpreende! Rs O artista plástico italiano Salvatore Garau faturou uma bolada ao vender, durante um leilão, uma escultura invisível pelo valor de – pasmem – US$ 18.300, o que equivale a mais de R$ 93 mil!

Não, você não leu errado. Nomeada “Io Sono” (“Eu Sou, em português), a obra imaginária e “imaterial” só existe na cabeça de seu criador. Não demorou para que Salvatore recebesse críticas por contra do valor cobrado pela peça intangível, mas o artista se defendeu. “O êxito do leilão atesta um fato irrefutável: o vazio nada mais é do que um espaço cheio de energia”, começou, em conversa com o jornal espanhol Diario As.

Continua depois da Publicidade

Na sequência, ele citou uma teoria do físico Werner Heisenberg. “Mesmo se nós o esvaziarmos e não tiver mais nada lá, de acordo com o princípio da incerteza de Heisenberg, esse ‘nada’ tem um peso. O vazio tem uma energia que se condensa e se transforma em partículas, em suma, em nós! Quando eu decidir exibir uma escultura imaterial num determinado espaço, esse espaço irá concentrar uma certa quantidade e densidade de pensamentos, criando uma escultura que assumirá as mais variadas formas“, acrescentou.

Ao site Italy 24 News, Garau ainda forneceu instruções de que a escultura deve ser exposta em uma casa particular, livre de qualquer obstrução, em um espaço de, pelo menos, 150×150 cm. O comprador da obra ficou com um documento que prova que a peça existe e que ele é dono.

Essa é a primeira “escultura imaterial” que Salvatore consegue vender, mas não sua primeira criação do tipo. O artista já apresentou outras obras invisíveis como “Buda em Contemplação”, exposta nas ruas de Milão, Itália, com uma fita branca no chão para demarcar o local onde estaria sua arte. Confira:

Uma obra perfeita pra quem quer decorar a casa de um jeito mais ‘clean’, não acham?!