Fotojet (21)

Caso Gabby Petito: Blogueira encontra detalhe “estranho” em redes sociais de noivo foragido da vítima; confira

A “caçada” para encontrar Brian Laundrie, pessoa de interesse nas investigações da morte da youtuber Gabby Petito, tem mobilizado as autoridades e, acreditem, até mesmo pessoas comuns. Na segunda-feira (18), a blogueira Shaynah Dodge compartilhou no Instagram um detalhe um tanto quanto estranho que descobriu ao monitorar as redes sociais do noivo da vítima, que continua foragido.

A mulher tem acompanhado a investigação desde o início, e após um comunicado feito por um porta-voz da polícia de North Port dizendo que não existia provas de que Brian Laundrie estaria vivo ou morto, ela foi mais a fundo nas pesquisas dos perfis dele que ainda estão ativos na web. Eis que Shaynah notou uma mudança sugestiva na conta dele no Pinterest. “Há três semanas, postei em meus stories sobre a conta de Brian no Pinterest. Na minha captura de tela de três semanas atrás, ele seguia 145 pessoas”, explicou.

Acontece que agora o número de pessoas seguidas aumentou para 146, o que fez Dodge concluir que o rapaz estaria vivo. “Isso é estranho, certo?”, indagou no post. “É claro que sua contagem de seguidores aumentou conforme as pessoas acessavam suas páginas, mas como o número de pessoas seguidas dele aumentou nas últimas três semanas? As páginas de bots podem fazer você segui-los?”, suspeitou a blogueira.

Fotojet (20)
Shaynah Dodge compartilhou as pistas que encontrou para argumentar que Brian Laundrie está vivo.

Shaynah Dodge afirmou que o perfil realmente é de Laundrie, já que é possível conferir painéis compartilhados com o perfil de Gabby Petito e da mãe dela. Ciente de que a teoria poderia ser muito conspiratória, ela ponderou: “Alguém poderia ter uma página privada e alterado suas configurações? Não tenho certeza, mas sério, eu não suporto esse cara fugindo. Estou tão farta disso”.

Continua depois da Publicidade

Relembre o caso

Petito passou o verão do hemisfério norte (entre junho e agosto) viajando pelo oeste dos Estados Unidos com o então noivo, Brian Laundrie. A dupla documentou suas aventuras nas redes sociais e, ainda, em vídeos divulgados no YouTube. No entanto, no dia 1º de setembro, Laundrie voltou para sua casa na Flórida sem Petito. A partir daí, a família da influencer não conseguiu mais entrar em contato com ela e, no dia 11 de setembro, os pais da jovem denunciaram seu desaparecimento às autoridades. Após uma extensa busca, seus restos mortais foram encontrados em 19 de setembro.

Brian Laundrie e Gabby Petito registraram sua viagem de van ao redor dos Estados Unidos no YouTube. (Foto: Reprodução / Instagram)

Segundo a mãe de Gabby, Nichole Schmidt, e seu padrasto Jim Schmidt, o corpo da jovem foi encontrado em Wyoming, onde sua van foi vista pela última vez. Em meio às buscas, Laundrie, que até então era considerado pelo FBI apenas como uma ‘pessoa de interesse’ no caso, desapareceu após se recusar a cooperar com as investigações.

omem que se encaixa na descrição de noivo "desaparecido" da youtuber foi visto na Flórida (Foto: Reprodução/ Sam Bass)
Homem que se encaixa na descrição de noivo “desaparecido” da youtuber foi visto na Flórida (Foto: Reprodução/ Sam Bass)

Continua depois da Publicidade

O suposto desaparecimento só foi registrado pelos pais de Laundrie três dias após o ocorrido e, desde então, Brian permanece foragido. Seus familiares disseram às autoridades que acreditam que ele fez uma caminhada em uma reserva natural perto de sua casa em North Port, Flórida, e não voltou mais. Apesar de não ter sido acusado oficialmente pela morte da noiva, Laundrie foi indiciado por usar duas contas financeiras que não pertenciam a ele nos dias que sucederam a tragédia e permanece como o principal suspeito da morte da youtuber.