Brian Laundrie Gabby Petito

Caso Gabby Petito: Polícia encontra restos mortais e pertences que seriam de Brian Laundrie, noivo da youtuber; saiba detalhes

As buscas por Brian Laundrie, noivo de Gabby Petito, tiveram desdobramentos importantes nesta quarta-feira (20). Segundo o TMZ, a família do rapaz, que está desaparecido há semanas, levou o FBI até uma trilha que ele costumava frequentar. No local, os agentes se depararam com restos mortais, e com objetos que supostamente seriam de Laundrie.

Chris e Roberta, pais de Brian, foram até o Parque Ambiental Myakkahatchee Creek na Flórida, nos Estados Unidos – que ainda não havia sido explorado. De acordo com o advogado da família, Steven Bertolino, as possíveis evidências vieram à tona logo após uma breve busca. Um punhado de pertences, incluindo algumas peças de roupas, foram localizados ali, e os policiais acreditam que eles seriam do noivo de Petito.

Continua depois da Publicidade

Próximo aos objetos, as autoridades também identificaram o que seriam restos humanos parciais. Esses restos estavam numa área que fica debaixo d’água, conforme relatado pela NBC. Diante disso, o departamento do xerife local convocou um legista e uma equipe de cães farejadores, que vão averiguar melhor o caso.

Brian Laundrie é considerado um dos principais suspeitos da morte da noiva, Gabby Petito, mas está desaparecido há semanas. (Foto: Reprodução / Instagram)

“Chris e Roberta Laundrie foram até o Parque Ambiental Myakkahatchee Creek esta manhã para procurar Brian. O FBI e o Departamento Policial de North Port foram informados ontem à noite sobre as intenções dos pais de Brian, e os encontraram lá esta manhã”, disse o advogado da família de Brian. “A partir de agora, a polícia está conduzindo uma investigação mais completa dessa área”, informou Bertolino.

Continua depois da Publicidade

O FBI também se pronunciou sobre o caso, contudo, não falou nada sobre os restos que teriam sido vistos, nem sobre a convocação do médico legista. “Itens de interesse foram encontrados na Reserva de Carlton nesta manhã, em conexão com as buscas por Brian Laundrie. Uma equipe do FBI que cuida das evidências está fazendo os procedimentos na cena. A reserva está fechada para o público e não há mais detalhes disponíveis neste momento”, disse a equipe do órgão federal na cidade de Tampa. Confira alguns registros das buscas:

Relembre o caso

Gabby Petito passou o verão do hemisfério norte (entre junho e agosto) viajando pelo oeste dos Estados Unidos com o então noivo, Brian Laundrie. A dupla documentou suas aventuras nas redes sociais e, ainda, em vídeos divulgados no YouTube. No entanto, no dia 1º de setembro, Laundrie voltou sozinho para sua casa na Flórida. A partir daí, a família da influencer não conseguiu mais entrar em contato com ela. No dia 11 de setembro, os pais da jovem denunciaram seu desaparecimento às autoridades.

Brian Laundrie e Gabby Petito registraram sua viagem de van ao redor dos Estados Unidos no YouTube. (Foto: Reprodução / Instagram)

Após uma extensa busca, os restos mortais da youtuber foram encontrados em 19 de setembro. De acordo com a perícia, a youtuber foi assassinada cerca de quatro semanas antes de seu corpo ser localizado no Parque Nacional Bridger-Teton. A causa da morte, por sua vez, teria sido estrangulamento. Após a necrópsia, a possibilidade de uma gravidez também foi descartada.

Continua depois da Publicidade

Segundo a mãe de Gabby, Nichole Schmidt, e seu padrasto Jim Schmidt, o corpo da jovem estava em Wyoming, onde a van dela e do noivo foi vista pela última vez. Brian, até então, era considerado apenas como uma “pessoa de interesse” no caso. No entanto, ele desapareceu após se recusar a cooperar com as investigações.

omem que se encaixa na descrição de noivo "desaparecido" da youtuber foi visto na Flórida (Foto: Reprodução/ Sam Bass)
Homem que se encaixa na descrição de noivo “desaparecido” da youtuber foi visto na Flórida (Foto: Reprodução/ Sam Bass)

O suposto desaparecimento só foi registrado pelos pais de Laundrie três dias após o ocorrido e, desde então, Brian permanece foragido. Seus familiares disseram acreditar que ele fez uma caminhada numa reserva natural perto de sua casa em North Port, Flórida, e não voltou mais. Apesar de não ter sido acusado oficialmente pela morte da noiva, Brian permanece como o principal suspeito da morte da youtuber. Ele também foi indiciado por usar duas contas financeiras que não pertenciam a ele nos dias que sucederam a tragédia.