Fotojet (25)

Homem é encontrado morto cercado por mais de 100 cobras nos EUA; saiba detalhes

A polícia encontrou 125 cobras na casa do homem, enquanto algumas das espécies eram altamente venenosas

Nessa quinta-feira (20), um homem de 49 anos foi encontrado sem vida na própria casa em Maryland, nos EUA, cercado por mais de 100 cobras. A polícia foi acionada por um morador local, que estranhou o fato de não ver seu vizinho há mais de um dia. Ele então foi até a casa do conhecido e, ao olhar pela janela, viu o homem inconsciente no chão.

Assim que chegaram na residência, as autoridades constataram a morte e encaminharam o corpo do norte-americano para o Instituto Médico de Baltimore, onde este passará por autópsia. O que mais intrigou os policiais, entretanto, foi a quantidade de cobras espalhadas em aquários pela casa: dentre os 125 animais, estavam espécies altamente venenosas como mamba-negra e cascavel, além de uma píton com cerca de 4 metros de comprimento.

De acordo com Jennifer Harris, porta-voz do centro de controle animal de Charles County, alguns dos répteis ali presentes não poderiam ser mantidos em cativeiro segundo as leis estaduais de Maryland. Oficiais locais de controle animal conseguiram isolar as cobras, enquanto as espécimes venenosas foram retiradas por especialistas da Carolina da Norte e da Virgínia, que precisaram de horas para realizar o trabalho.

Harris também disse que esta foi a maior coleção de cobras que o chefe de controle animal do condado, Ed Tucker, já encontrou em mais de 30 anos de experiência. “Nosso chefe de controle animal disse que, em seus mais de 30 anos de experiência, ele jamais havia encontrado esse tipo de coisa antes”, declarou a profissional, em entrevista ao canal NBC4.

“Quero reafirmar para a comunidade que nenhuma das cobras escapou durante a captura. Eu sei que as pessoas que moram na região ficam preocupadas de estarem em perigo, mas nós nos certificamos que todas as cobras fossem resgatadas em segurança após a morte do senhor”, assegurou por fim.