Roubo Dementadores Harry Potter

Homens são presos após roubarem joalheria vestidos como dementadores de “Harry Potter”, e violência das cenas assusta; assista

Uma gangue foi presa nesta terça-feira (30), no Reino Unido, após uma ação armada na cidade de Dundee, na Escócia. Segundo o Daily Mail, três criminosos foram detidos por roubarem uma joalheria e levarem relógios da marca Rolex, dando um prejuízo de £ 17.850,00 (aproximadamente R$ 113.838,00). Um detalhe, no entanto, chamou bastante atenção: os assaltantes estavam vestidos como dementadores de “Harry Potter”.

As imagens das câmeras de segurança registraram o momento em que os bandidos chegam à loja em um carro roubado. Um primeiro membro da gangue entra no estabelecimento como se fosse um cliente, usando roupas normais, e se ajoelha para amarrar o cadarço e impedir que a porta se feche. Segundos depois, criminosos – completamente encapuzados e cobertos de uma vestimenta preta – saem do carro e invadem o local, apesar da tentativa do funcionário de impedir a entrada.

Roubo Dementadores Harry Potter2
Os criminosos invadiram a joalheria encapuzados e com longas roupas pretas, que se assemelham ao visual dos dementadores de “Harry Potter”. (Foto: Reprodução)

Continua depois da Publicidade

Os três homens aparecem armados com um martelo, um machado e uma marreta, ameaçam a equipe da loja e os clientes, e rapidamente destroem o balcão de vidro da loja. Então, eles pegam os dois relógios avaliados em mais de R$ 100 mil. Outro funcionário ativa um dispositivo de fumaça anti-roubo, que assusta os assaltantes. Antes de fugir, um membro da gangue agride um consumidor com uma marreta. A vítima, que havia tentado lutar contra os criminosos, teve ser levada ao hospital. Assista às imagens abaixo:

Tudo aconteceu na manhã do dia 23 de setembro de 2019, no entanto, o caso só chegou aos tribunais neste ano, mais de dois anos depois. Menos de um mês antes do roubo dos “dementadores” em Dundee, o réu Connor Willis já havia participado de outro assalto a uma joalheria. Na ação, ele e mais três ajudantes invadiram a loja, ameaçaram de morte o dono do estabelecimento e o atacaram com um machado. O grupo levou um conjunto de itens de luxo avaliados em £ 27.000,00 (cerca de R$ 172.000,00).

“Esses homens viajaram à Escócia, se armaram e conduziram assaltos na luz do dia. Esses foram suplícios aterrorizantes para os funcionários e clientes envolvidos, especialmente os dois homens que foram atacados e feridos durante os roubos. É graças ao trabalho investigativo meticuloso e a operação conjunta entre as forças da polícia em outras partes do Reino Unido que esses três homens foram levados à Justiça”, disse a procuradora Jennifer Harrower.

Continua depois da Publicidade

O detetive Gavin McKinlay também agradeceu pelo apoio do cliente que tentou lutar contra os assaltantes. “Eles foram prejudicados pela coragem do consumidor que os desafiou, e essa distração permitiu aos funcionários que ativassem o alarme”, afirmou. O investigador revelou que o homem se recuperou após sair ferido. “Eu gostaria de fazer uma declaração sobre a bravura do cliente, que foi ferido e felizmente se recuperou, e à equipe da loja que ficou bastante abalada pelo que houve. Esses homens agora vão encarar as consequências de suas ações”, completou ele.

Roubo Dementadores Harry Potter1
Dois anos após a ação armada, os criminosos foram presos hoje. (Foto: Reprodução)

Todos os três acusados se declararam culpados no caso. A Alta Corte de Edimburgo condenou Connor Willis a 12 anos de prisão e mais 5 anos de liberdade condicional. Anthony Wheeldon, por sua vez, foi condenado a 11 anos de prisão e mais 4 anos de liberdade condicional. Dean King, o rapaz que impediu que a porta fosse fechada, terá de passar 9 anos e 2 meses atrás das grades.