Fotojet (7)

Oi?! Irlandês leva corpo do tio para receber aposentadoria, e afirma: “Não sabia que estava morto”

Com a ajuda de um amigo, Declan Haughney, de 40 anos, carregou o corpo do tio até uma agência dos correios para fazer o saque

Tá aí uma história um tanto quanto bizarra… Na última sexta-feira (21), o irlandês Declan Haughney, de 40 anos, foi flagrado levando o cadáver de seu tio Peadar Doyle, de 66 anos, para uma agência dos correios em Carlow, na Irlanda, para sacar a aposentadoria do idoso. Oi?!

Ao jornal The Mirror, Declan disse ter ido até a agência sozinho num primeiro momento para coletar o dinheiro, mas foi informado que o processo só poderia ser feito se o titular da pensão estivesse presente. O irlandês então voltou para casa e buscou seu tio, que segundo ele ainda estava “muitíssimo vivo”.

Continua depois da Publicidade

Com ajuda de um amigo chamado Gareth Coakley, Haughney envolveu Peadar em seus braços e os três teriam caminhado de volta aos correios, localizado 400 metros de distância da residência onde o rapaz vivia com o idoso. Pessoas na rua, entretanto, teriam se assustado ao notar que os pés de Doyle não tocavam o chão durante o trajeto. Assim que chegaram ao destino, funcionários perceberam que o senhor estava morto e chamaram a polícia.

1 Carlow Post Office Dead Body
Polícia removendo o corpo de Peadar dos correios. (Foto: Dylan Vaughan)

Ao ser interrogado, Declan alegou que “não sabia que (o tio) estava morto”, suspeitando ainda que o aposentado tenha falecido durante o caminho. “Nós o levamos até lá. Ele estava andando normalmente e então eu acho que ele morreu. Isso não é mentira, ele começou a arrastar os calcanhares, mas nós não achamos que seria nada. Estava tudo bem, então, de repente, ele começou a ficar meio caído. Chegamos na fila e quando o soltamos, ele simplesmente caiu ali mesmo”, declarou.

Haughney ainda insistiu que não estava tentando roubar o dinheiro de Peadar: “Por que eu iria querer roubar meu tio? Tenho 40 anos, não sou uma criança, não sou um pivete. Eu não sou um idiota para entrar numa agência de correio com um homem morto e pegar seu dinheiro”.

1 Js255797457
Declan em frente a casa onde vivia com o tio, em Carlow, Irlanda. (Foto: Mick ONeill)

Ao The Mirror, Declan disse que agora é “o assunto da cidade” e foi rotulado de “assassino” pela comunidade local, que ainda o condena por seu passado turbulento. O irlandês costumava ter problemas com drogas e já chegou a cumprir dois anos de prisão, acusado de roubar o cartão de crédito de sua tia. “É por isso que eles estão dizendo isso, é por isso que tudo isso está surgindo agora. Espero que, quando as pessoas lerem meu lado da história e virem como tenho o apoio da minha família, comecem a ver as coisas de maneira diferente”, defendeu-se.

O irlandês inclusive foi agredido ao caminhar pelas ruas de sua cidade. O funeral de Peadar foi realizado nessa segunda-feira (25) e, durante a cerimônia, Declan foi visto carregando o caixão do tio com um olho roxo.

0 Cc Peader Doyle Funeral1990519747
(Foto: Colin Keegan)

A polícia agora investiga o caso para saber se Peadar Doyle morreu de causas naturais e se houve tentativa de fraude previdenciária. Segundo as autoridades, acredita-se que o aposentado possa ter morrido cerca de três horas antes de sua ida à agência dos correios, apesar das alegações de que ele estava vivo.