Fotojet

Quarteto que vive em poliamor surpreende ao revelar uma dúvida sobre os filhos: ‘Decidimos assim’

Em entrevista, a mulher ainda apontou os lados positivos e negativos do relacionamento poliamoroso

Ah, o amor… Aliás, o poliamor! O The Mirror, tabloide inglês, compartilhou a história inusitada de um quarteto poliamoroso, formado por dois homens e duas mulheres. Após três anos de relacionamento, os quatro norte-americanos vivem com uma “pequena dúvida”: eles não sabem qual deles é o pai dos filhos. Como assim, Brasil?!

Segundo a publicação, Taya Hartless e Alysia Rogers se conheceram pelas redes sociais e tentarem apimentar suas vidas sexuais com os seus respectivos maridos, Sean e Tyler. No entanto, à medida em que tudo foi acontecendo, eles nutriram sentimentos uns pelos outros e resolveram morar juntos no estado de Oregon.

Quando eles se envolveram, cada casal já tinha um filho. Depois da mudança, cada esposa teve mais um neném. No entanto, ninguém sabe se Tyler ou Sean é o pai biológico das crianças, já que todos dormem com todos. “Não nos importamos. Nós não sabemos e não queremos saber, decidimos que todos seríamos pais de todos eles”, afirmou Taya.

“As pessoas perguntam se eu me incomodo em viver assim, mas faz diferença, alguma criança não ser biologicamente minha? Eu fiquei em casa com eles desde que eles tinham alguns meses e não há nada que mudaria meu relacionamento com eles se eu estivesse biologicamente conectada a eles. Acho muito fácil amar um filho de qualquer uma das pessoas que amo, isso é o mesmo para todas as crianças”, acrescentou.

Continua depois da Publicidade

De acordo com Taya, mesmo vivendo em uma família atípica, as crianças sentem orgulho de contar que são criadas por dois pais e duas mães. Enquanto ela é chamada de “mamãe”, Alysia é só “mãe”; já Sean é “papai”, e Tyler é “pai”. “Nenhum de nós tinha vivido uma relação de poliamor antes, mas todos acabamos de nos conhecer e nos apaixonar. Desde que nós passamos a morar juntos, todos nós somos pais de todas as crianças, somos uma grande unidade familiar”, contou.

Sean e Taya Hartless, ao lado de Alysia e Tyler Rodgers, e os filhos. (Foto: Reprodução/Facebook)
Sean e Taya Hartless, ao lado de Alysia e Tyler Rodgers, e os filhos. (Foto: Reprodução/Facebook)

Ainda, segundo ela, nem sempre foi fácil e nem todo mundo aceita a forma que eles vivem. Alguns familiares e amigos até os deixaram de lado quando os quatro resolveram morar juntos. “Muitas pessoas realmente não entendem o poliamor e acham que é desviante ou errado de alguma forma. É verdade que nem sempre foi fácil, demorei um pouco para admitir que tinha sentimentos por outra pessoa e definitivamente ficamos com ciúmes às vezes. Mas agora é tão natural para todos nós e me sinto muito grata por ter vários parceiros para criar os filhos”, desabafou.

Continua depois da Publicidade

Mesmo com as dificuldades, Taya apontou o lado positivo de viver no poliamor. “Por que você não quer mais amor e apoio e mais mãos ao redor? É uma vida confusa, agitada, louca, mas também maravilhosa. Eu não consigo pensar em mais nada que possamos querer”, disse.

“Acho que nunca vamos parar de aprender e sabemos que nosso relacionamento mudará constantemente. Mas vamos fazer funcionar. Somos diferentes de todos os outros casais, mas tudo bem. E deixamos claro para nossos filhos que eles podem ser quem quiserem. Sempre me pego pensando no quanto amo nossa vida. Estou muito animada por estarmos criando nossos filhos juntos e no futuro que estamos construindo”, concluiu.