Tiroteio assusta jornalista no meio de reportagem ao vivo (Foto: Reprodução Twitter)

Tenso! Repórter norte-americano é surpreendido por tiros ao vivo e corre para se proteger; assista!

Que perrengue! Nesta terça-feira (25), o repórter norte-americano Philip Crowther, correspondente da “Associated Press GMS”, estava em Minneapolis, cobrindo as homenagens à George Floyd, quando foi surpreendido com o barulho de um tiroteio. Hoje faz exatamente um ano que Floyd foi assassinado pelo policial Derek Chauvin, que ficou ajoelhado no pescoço da vítima por mais de 9 minutos.

As imagens, que acabaram viralizando nas redes sociais, mostram que Philip estava ao vivo com a emissora quando os barulhos de tiro começaram. A princípio, o profissional manteve a calma, mas ao perceber a movimentação estranha, ele pediu licença ao público para se proteger. No entanto, a câmera continuou gravando e é possível ver pessoas correndo e mais tiros sendo disparados. Tenso!

Continua depois da Publicidade

A polícia local disse ao jornal “The Hill” que o atirador suspeito fugiu de carro em alta velocidade. Ainda segundo as autoridades, uma pessoa ficou ferida, mas foi rapidamente encaminhada a um hospital e não corre risco de perder a vida. Assista ao momento em que o repórter precisa se esconder:

Uma situação parecida aconteceu com a repórter da Al Jazeera no dia 13 de maio. Youmna al-Sayed foi surpreendida por um bombardeio na Faixa de Gaza, enquanto falava sobre os recentes conflitos entre Israel e Palestina. Você pode conferir o momento, clicando aqui.