Anavitória faz desabafo emocionado sobre impedimento de Tiago Iorc para regravação do sucesso ‘Trevo’: “Me dói muito isso acontecer” – Assista

Os fãs do duo Anavitória foram surpreendidos por um desabafo das cantoras durante a live que aconteceu ontem (12). Antes de cantar o sucesso “Trevo”, Ana Caetano revelou que ela e Vitória Falcão estão impedidas de regravarem a musica para um projeto inédito por causa de Tiago Iorc. A polêmica acabou ocupando o topo dos assuntos mais comentados do Twitter, e rendeu duras críticas ao músico entre os internautas.

Sem citar o nome de Tiago ou o motivo pelo qual está impedida de regravar a música, Ana se mostrou nitidamente nervosa ao falar da situação, mas decidiu expor o dilema que ela e a amiga estão vivendo. “A música que a gente vai cantar agora é uma música muito especial na nossa carreira, muito forte no meu coração. Eu escrevi ela em 2015 e convidei um amigo para escrever comigo. Esse amigo escreveu, me deu um refrão lindo, que a gente ama muito e vocês conhecem bem”, começou.

“Essa música chegou pra vocês de um jeito muito massa. Foi um momento muito lindo na nossa carreira e muito poderoso, porque abriu muitas portas e foi muito especial”, admitiu Caetano. “Essa semana a gente recebeu uma notícia um pouco estranha e um pouco triste que esse outro autor da música tá impedindo a gente de regravar a nossa música”, revelou.

A cantora explicou que a regravação seria para um projeto inédito, mas ao ser consultado sobre a liberação, o compositor teria negado a autorização. “E eu só queria falar que o meu entendimento de arte é que ela é algo feito para as pessoas. A partir do momento que passa por mim e vai pro mundo, ela não é mais minha, ela é do mundo. E me dói muito isso acontecer”, refletiu com a voz embargada.

“Eu acho que… Eu nem sei o que eu acho, mas eu espero que essa música nunca seja interrompida, os caminhos dela nunca sejam interrompidos. E espero que essa pessoa receba essa mensagem, por que é com todo meu coração, o meu amor e é isso”, finalizou. Vitória que acompanhou o discurso da sua dupla em silêncio pareceu se virar para enxugar as lágrimas antes de começar a cantar. Assista ao momento:

Apesar de não ter sido feita menção direta do nome do cantor, é de conhecimento público que a composição de “Trevo” reúne apenas as assinaturas de Ana Caetano e Tiago Iorc. Por isso, não demorou para os fãs se manifestarem contra a decisão do artista nas redes sociais. “É um p*ta egoísmo do c*ralho o Tiago Iorc querer barrar algo que é muito mais dela do que dele”, opinou um rapaz. “Tiago Iorc, por favor suma de novo”, ironizou outro perfil.

O cantor Diogo Melim usou seu perfil no Twitter para opinar sobre o caso. “Faz muitos anos que eu componho com autores de todo o brasil e eu nunca vi isso, impedir o parceiro de autoria de gravar a própria música. Faz parte inclusive de uma ética tácita da profissão. Espero de coração que isso tudo seja um equívoco e que eles se entendam”, compartilhou.

Foto: Reprodução/Twitter

Tiago chegou a ser empresário do duo Anavitória e sócio das artistas em uma produtora. Atualmente, as duas são agenciadas por Felipe Simas, que chegou a trabalhar com Iorc durante um tempo. Procurado pelo hugogloss.com, o cantor preferiu não se manifestar sobre o assunto.