Filme de Leo DiCaprio, treta com Scooter Braun e aparições especiais: Vem ver os conceitos, referências e easter eggs que Taylor Swift escondeu no clipe de “The Man”

Taylor Swift não brinca em serviço… ainda mais em um clipe inteiramente dirigido por ela! Assim como anunciou durante um bate-papo com fãs antes do lançamento, a cantora escondeu inúmeros easter eggs no vídeo oficial de “The Man”, divulgado hoje (27).

Entre referências a filmes, aparições especiais, menções sutis e críticas sociais, Taylor construiu um clipe poderosíssimo, que fica ainda mais impactante depois que você percebe todos os detalhes. Quer ver? Dá uma olhada nestes 18 easter eggs que o hugogloss.com juntou na produção:

1- A caneca

Swift sempre dá um jeito de esconder o nome da canção em seus vídeos, e neste não foi diferente. Logo no começo, enquanto o homem é exaltado por sua equipe de trabalho, uma mulher segura uma caneca com os dizeres “I’d be the man” (Eu seria o cara, em português).

Olha o nome da canção aí! (Foto: Reprodução/Youtube)

2- O Lobo de Wall Street

Na faixa, Taylor Swift faz uma menção direta a Leonardo DiCaprio, então nada mais justo que homenageá-lo no clipe também. A cena em que o homem está recebendo os parabéns em seu escritório é uma clara referência a uma das cenas mais icônicas do ator em “O Lobo de Wall Street”, indicado ao Oscar de 2014.

Quase poderia ser o próprio Leo! kkkk (Foto: Reprodução/Youtube)

3- O trem

Enquanto o homem está no trem, ele tem atitudes que atrapalham a convivência de todos a sua volta, como sentar com as pernas bem abertas, fumar e invadir o espaço de outras pessoas, sem se importar. Ao mesmo tempo, ninguém tem coragem de se impor contra ele.

Outros detalhes: a menina de fone está vestindo uma das peças do merchandising de Taylor, um moletom da faixa “Miss Americana & The Heartbreak Prince”, e ao fundo há um cartaz de um filme estrelado por um homem com a frase “A mãe natureza não tem nenhuma chance”. Além do trocadilho de um homem destruir a natureza representada pela mulher, há também um alerta para o meio-ambiente.

Agora o principal de todos fica por conta do cartaz à direita com os dizeres “Bo$$ Scotch, lucre com os sentimentos”, ao lado de uma pichação com a palavra “ganancioso”. Isso seria uma referência ao dono da ex-gravadora de Taylor, Scott Borchetta, por ele ter vendido todo seu trabalho para Scooter Braun por 300 milhões de dólares.

Uma referência atrás da outra! (Foto: Reprodução/Youtube)

4- O jornal

O jornal que o homem lê no trem é uma crítica ao modo como a mídia trata as mulheres. Nesse jornal, as manchetes se referem a homens como: “Qual homem ganhou o ano em namorar celebridades?”, “Os maiores CEO’s solteirões do ano” e “para homens com sede verdadeira”.

“Qual homem ganhou o ano em namorar celebridades?” (Foto: Reprodução/Youtube)

5- A icônica parede

Na parede da estação da rua 13 (porque não poderia faltar um 13 entre os easter eggs, né?), Taylor escreveu o nome de seus seis primeiros álbuns de forma pichada, com um aviso: “Perdidos. Se achar, favor devolver para Taylor Swift”. A cena é outra referência à venda de seus discos e a perda dos direitos de Swift sobre eles, mesmo sendo a cantora e compositora.

Quer mais? À direita há um sinal de “proibido patinetes”. Em inglês, patinete se chama “Scooter”… nem precisa colocar o sobrenome para entender o easter egg, né?

Nada de Scooter… Braun (Foto: Reprodução/Youtube)

6- Pôster

Na mesma parede do metrô, há uma releitura do cartaz do documentário de Taylor Swift, agora inteiramente feito por homens. A diretora Lana Wilson se tornou Larry Wilson, Taylor virou Tyler e “Miss Americana” foi trocado por “Mr. Americana”. Crítica social e ainda aproveita a divulgação! kkkk

Miss Americana versão 2.0 (Foto: Reprodução/Youtube)

7- Saint-Tropez

A cena do homem em um iate com várias mulheres e regado a champagne é a reprodução exata do trecho de “The Man” em que Tay fala de DiCaprio: “And we would toast to me, oh, let the players play. I’d be just like Leo, in Saint-Tropez” (E nós brindaríamos a mim, deixe os jogadores jogarem. Eu seria como o Leo em Saint-Tropez, em português).

Só festa, sem julgamentos! (Foto: Reprodução/Youtube)

8- Aplaudido por sexo

Nessa cena, a cantora provavelmente quis representar o modo como os homens são aplaudidos por ficar com várias mulheres, enquanto as mulheres são condenadas pela mesma coisa. Assim que se levanta e deixa a parceira dormindo no quarto, o homem passa por um corredor em que é comemorado e ovacionado.

Quanto mais… melhor? (Foto: Reprodução/Youtube)

9- O quadro

O quadro com seu próprio rosto que aparece ao fundo do corredor é uma referência ao pôster norte-americano do tio Sam “I Want You”, que recrutava homens para se alistarem para o exército dos Estados Unidos.

Releitura clássica! (Foto: Reprodução/Youtube)

10- Aparições parte 1

Os influenciadores norte-americanos Jayden Bartels e Dominic Toliver fizeram uma sutil aparição enquanto observavam e elogiavam o pai brincando com a filhinha. Jayden é atriz e tem mais de três milhões de seguidores no Instagram, enquanto Dominic é uma grande personalidade do TikTok, onde junta quase 9 milhões de seguidores.

Jayden Bartels e Dominic Toliver no clipe (Foto: Reprodução/Youtube)

11- Melhor Pai do Mundo

Neste trecho, fica clara a intenção de Swift de mostrar como pais são elogiados e exaltados como os melhores por fazerem o mínimo, enquanto as mães “não fazem mais que a obrigação”.

Pai do ano (Foto: Reprodução/Youtube)

12- Aparição parte 2

Jayden e Dominic não foram as únicas personalidades da internet convidadas para o clipe. A cantora e influencer Loren Gray, que possui a conta mais seguida do TikTok, fez parte da cena de tênis e revira os olhos com o escândalo feito pelo homem por perder.

Olha Loren Gray aí! (Foto: Reprodução/Youtube)

13- Aparição parte 3

Nada mais justo que o easter egg 13 ir para um Swift! Scott, o pai de Taylor, interpreta o juiz do jogo de tênis em sua primeira aparição nas telinhas. Antes do clipe ser lançado, a artista havia se referido a isso como a aparição que faria os fãs darem risada.

Scott Swift icônico! (Foto: Reprodução/Youtube)

14- Serena Williams

Uma das cenas com maior significado fora das telas é justamente a do tênis, quando o homem tem um surto com o juiz por estar perdendo. Esta é uma clara referência à reação de Serena Williams na final do US Open de 2018, quando ela foi extremamente criticada por ficar brava, quando homens que reagiram pior eram apenas chamados de “apaixonados”.

Mulheres também podem ficar bravas, quem diria? (Foto: Reprodução/Youtube)

15- Aparição parte 4

Durante o casamento do futuro (também uma crítica por homens sempre idealizarem mulher mais novas), os dois convidados à esquerda são pessoas bem próximas de Taylor: Joseph Cassell, seu estilista, e Lorrie Turk, sua maquiadora.

Joseph e Lorrie à esquerda (Foto: Reprodução/Youtube)

16- O diálogo

Após o fim das gravações, o homem pergunta à Taylor o que ela achou da performance e ouve que deveria ser “mais sexy” e “parecer mais gostável”. Esses são dois comentários que a cantora já falou que ouviu outras vezes e que são sempre associados à imagem que uma mulher deve ter.

“Você pode tentar ser mais sexy?” (Foto: Reprodução/Youtube)

17- Owned by Taylor Swift

Mais uma referência à treta com Scooter Braun, tudo que Taylor Swift faz agora pertence à Taylor Swift.

Daquelas frases que dá até gosto de ler! (Foto: Reprodução/Youtube)

18- Dwayne Johnson

Já havíamos comentado sobre essa assim que o clipe foi lançado, mas na última cena, The Rock faz uma aparição sutil ao ceder sua voz para o homem interpretado por Taylor. “Obrigada, The Rock, por dublar The Man e por apoiar minha música por tantos anos (e agora minha estreia como diretora!)”, agradeceu ela.

Créditos especiais! (Foto: Reprodução/Youtube)